Nico Rosberg dominou GP da Europa em Baku

Piloto da Mercedes aumenta vantagem no Campeonato

Nico Rosberg é "refrescado" após dominar o GP da Europa

Nico Rosberg é “refrescado” após dominar o GP da Europa

Nico Rosberg foi o vencedor do GP da Europa, que estreou uma pista e um país que, sem quaisquer antecedentes ou história no automobilismo, ficam agora no Álbum de Ouro daquela que, até agora, tem sido a mais importante competição automóvel do Mundo, a F1. Nas ruas de Baku, capital do Azerbeijão, o piloto da Mercedes arrancou da “pole” para um triunfo sem “espigas”, controlando com enorme facilidade o seu avanço para os seus perseguidores. Com este triunfo, o 19º da sua carreira e quinto da presente temporada, Rosberg repôs a vantagem sobre Lewis Hamilton, seu colega de equipa e que, depois de partir de 10º – após um erro que lhe custou caro na qualificação – conseguiu recuperar até ao quinto lugar, para 24 pontos. Sebastian Vettel voltou a ser 2º classificado, na frente de Sérgio Pérez, uma vez mais imperial com o Force India. Pista de longas retas, o circuito de Baku revelou-se um desafio desconhecido para os pilotos, com Vettel, no final, a confessar que, para se andar depressa na ruas da cidade, é preciso “tê-los” bem grandes…

CLASSIFICAÇÕES

Vettel voltou a não conseguir acompanhar o mlíder mas foi 2º

Vettel voltou a não conseguir acompanhar o mlíder mas foi 2º

Corrida Nico Rosberg (Mercedes), 51 voltas em 1h32m52,366s; Sebastian Vettel (Ferrari), a 16,696s; Sérgio Pérez (Force India/Mercedes), a 25,241s; Kimi Raikkonen (Ferrari), a 33,102s; Lewis Hamilton (Mercedes), a 56,335s; Valtteri Bottas (Williams/Mercedes), a 1m00,886s; Daniel Ricciardo (Red Bull/TAG Heuer), a 1m09,229s; Max Verstappen (Red Bull/TAG Heuer), a 1m10,696s; Nico Hulkenberg (Force India/Mercedes), a 1m17,798s; 10º Felipe Massa (Williams/Mercedes), a 1m25,375s; 11º Jenson Button (McLaren/Honda), a 1m44,817s; 12º Felipe Nasr (Sauber/Ferrari), a 1 v.; 13º Romain Gosjean (Haas/Ferrari), a 1 v.; 14º Kevin Magnussen (Renault), a 1 v.; 15º Jolyon Palmer (Renault), a 1 v.; 16º Estebán Gutiérrez (Haas/Ferrari), a 1 v.; 17º Marcus Ericsson (Sauber/Ferrari), a 1 v.; 18º Rio Haryanto (Manor/Mercedes), a 2 v.

Abandonos – Fernando Alonso (McLaren/Honda), caixa de velocidades (43ª v.); Pascal Wehrlein (Manor/Mercedes), travões (40ª v.); Carlos Sainz (Toro Rosso/Ferrari), suspensão (32ª v.); Daniil Kvyat (Toro Rosso/Ferrari), suspensão (7ª v.)

Volta mais rápida – Rosberg, em 1m46,485s (v. 48)

Campeonatos

Hamilton foi 5º mas atrasou-se na luta pelo título

Hamilton foi 5º mas atrasou-se na luta pelo título

Pilotos Rosberg, 141 pontos; Hamilton, 117; Vettel, 96; Raikkonen, 81; Ricciardo, 78; Verstappen, 54; Bottas, 52; Pérez, 39; Massa, 38; 10º Kvyat e Grosjean, 22; 12º Hulkenberg, 20; 13º Alonso e Sainz, 18; 15º Magnussen, 6; 16º Button, 5; 17º Vandoorne, 1

Construtores Mercedes, 258 pontos; Ferrari, 177; Red Bull, 140; Williams, 90; Force India, 59; Toro Rosso, 32; McLaren, 24; Haas, 22; Renault, 6

Próxima prova: GP Áustria (1 a 3 de Julho)

Sérgio Pérez subiu ao 3º lugar do pódio

Sérgio Pérez subiu ao 3º lugar do pódio

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s