GP do Bahrain ganho por Nico Rosberg

Um domínio indiscutível

Rosberg já vai na frente Hamilton acaba de ser abalroado por Bottas

Rosberg já vai na frente Hamilton acaba de ser abalroado por Bottas

Segunda corrida, segundo triunfo indiscutível (e quinto consecutivo na F1…) de Nico Rosberg: foi agora no GP do Bahrain, que o piloto da Mercedes dominou de fio-a-pavio, depois de ser o melhor no arranque. Aqui, quem saiu a perder foi Lewis Hamilton, seu colega de equipa e autor da “pole”, que reagiu mais lentamente, na primeira travagem ainda acabou abalroado por Valtteri Bottas, caindo para o 6º lugar. Numa prova em que Sebastian Vettel nem sequer chegou à grelha de partida, ficando pelo caminho na volta de lançamento, com problemas de motor, destaquem-se a recuperação de Hamilton, que terminou em 3º, atrás de Kimi Raikkonen e a entrada nos pontos de Stoffel Vandoorne, que foi 10º na sua estreia com o McLaren/Honda. Quem brilhou de novo foi Romain Grosjean que, ao volante do novel Haas/Ferrari, foi desta feita 5º, mostrando como foi bem-nascida esta recente equipa de F1. Pascal Wehrlein, que chegou a rodar nos pontos, no primeiro quarto da prova, foi 13º, mas demonstrou ser um piloto acima da média e justificando a aposta de Toto Wolf, que o colocou, como “aprendiz de feiticeiro”, na Manor/Mercedes, depois do seu título no DTM. Com esta vitória, Rosberg dilatou a sua liderança, tendo agora 17 pontos de vantagem sobre Hamilton.

CLASSIFICAÇÕES

Raikkonen foi 2º depois de lutar com os Williams e com Hamilton

Raikkonen foi 2º depois de lutar com os Williams e com Hamilton

Corrida Nico Rosberg (Mercedes F1 W07/Mercedes), 57 voltas em 1h33m34,696s; Kimi Raikkonen (Ferrari SF16-H/Ferrari), a 10,2s; Lewis Hamilton (Mercedes F1 W07/Mercedes), a 30,1s; Daniel Ricciardo (Red Bull RB12/Renault), a 1m02,4s; Romain Grosjean (Haas VF-16/Ferrari), a 1m18,2s; Max Verstappen (Toro Rosso STR11/Ferrari), a 1m20,9s; Daniil Kvyat (Red Bull RB12/Renault), a 1 v.; Felipe Massa (Williams FW38/Mercedes), a 1 v.; Valtteri Bottas (Williams FW38/Mercedes), a 1 v.; 10º Stoffel Vandoorne (McLaren MP4-31/Honda), a 1 v.; 11º Kevin Magnussen (Renault R.S.16/Renault), a 1 v.; 12º Marcus Ericsson (Sauber C35/Ferrari), a 1 v.; 13º Pascal Wehlein (Manor MRT05/Mercedes), a 1 v.; 14º Felipe Nasr (Sauber C35/Ferrari), a 1 v.; 15º Nico Hulkenberg (Force India VJM09/Mercedes), a 1 v.; 16º Sérgio Pérez (Force India VJM09/Mercedes), a 1 v.; 17º Rio Haryanto (Manor MRT05/Mercedes), a 1 v.

Abandonos – Carlos Sainz (Toro Rosso STR11/Ferrari), problema mecânico (30ª v.); Estebán Gutiérrez (Haas VF-16/Ferrari), problema mecânico (11ª v.); Jenson Button (McLaren MP4-31/Honda), problema mecânico (8ª v.); Jolyon Palmer (Renault R.S.16/Renault), problema mecânico (1ª v.); Sebastian Vettel (Ferrari SF16-H/Ferrari), motor (volta de lançamento)

Campeonato do Mundo de Pilotos N. Rosberg 50 pontos; L. Hamilton, 33; D. Ricciardo, 24; K. Raikkonen, 18; R. Grosjean, 18; S. Vettel, 15; F. Massa, 14; M. Verstappen, 9; N. Hulkenberg, 6; 10º V. Bottas, 6; 11º D. Kvyat, 6; 12º C. Sainz, 2; 13º S. Vandoorne, 1.

Campeonato do Mundo de Equipas Mercedes, 83 pontos; Ferrari, 33; Red Bull, 30; Williams, 20; Haas, 18; Toro Rosso, 11; Force India, 6; McLaren, 1.

Próxima prova: GP da China (15 – 17 de Abril)

Vandoorne substituiu Alonso e levou a McLaren aos pontos

Vandoorne (47) substituiu Alonso e levou a McLaren aos pontos

HR

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s