Jamie Green encerrou festa do DTM

Félix da Costa foi 7º em Hockenheim

Jamie Green encerrou a festa do DTM com mais um triunfo

Jamie Green encerrou a festa do DTM com mais um triunfo

O DTM encerrou a temporada com a habitual festa em Hockenheim. Com o campeão já encontrado (Pascal Wehrlein, o mais jovem da história da competição, com 21 anos), as atenções viraram-se por inteiro para aquela que seria a derradeira corrida do ano. Gary Paffett foi o primeiro líder, mas perdeu o comando na quarta volta, a favor do seu compatriota Jamie Green, que depois controlou os acontecimentos até receber em primeiro lugar a bandeira de xadrez, garantindo com isso o “vice” e tornando-se o piloto com maior número de triunfos em 2015, com quatro. O pódio ficou completo com Mattias Ekström, autor de uma prova de recuperação, em que passou com garra Maxime Martin e Paffett, na luta pelo segundo lugar, e com Edoardo Mortara, que veio lá de trás, desde o 13º lugar. A ambos, que eram os dois rivais de Wehrlein no caminho do título, ficou a consolação de terem assinado uma excelente exibição, cheia de vigor e de momentos bonitos. António Félix da Costa terminou também o ano a pontuar, ao ser sétimo classificado, depois de ter largado de 19º e ter protagonizado uma interessante peleja com Martin pelo sexto posto.

CLASSIFICAÇÃOhttp://www.dtm.com/en/results-2015#tab2015-10-18-9

HR

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s