Rossi de novo no comando do MotoGP

Primeira vitória em Silverstone

Valentino Rossi voltou ao comando do campeonato de MotoGP

Valentino Rossi voltou ao comando do campeonato de MotoGP

Valentino Rossi não teve medo nem da chuva, nem de Marc Márquez e Jorge Lorenzo. Impávido, saltou para a frente no arranque e lançou-se célere para a sua primeira vitória em Silverstone, palco do GP da Grã-Bretanha e onde nunca antes, em qualquer das suas outras 111 vitórias, tinha ganho. Com isso, reassumiu o comando do Campeonato do Mundo de MotoGP, por troca com Lorenzo, que foi apenas 4º. Marc Márquez, por sue lado, caiu pela 10ª vez este ano… quando estava a atacar Rossi! Nas Moto2 e Moto3, os respetivos líderes, Johann Zarco e Danny Kent, dominaram nas suas classes, ficando mais perto de carimbarem os títulos. Quando a Miguel Oliveira, terminou em 13º, demonstrando falta de ritmo à chuva, sem as afinações ideais na KTM, depois de cair várias posições nas primeiras voltas – de sexto, onde chegou a  estar, para 22º.

Portanto, para Valentino Rossi, esta que foi a sua quarta vitória da época – e a primeira em Silverstone – permitiu-lhe voltar à liderança do campeonato, com 12 pontos de vantagem, depois de o seu colega de equipa, Jorge Lorenzo, ter terminado fora do pódio, na quarta posição.

E por falar em pódio, este teve um nome inédito, Danilo Petrucci, em 2º lugar com uma Ducati de 2014 – chegou a estar mais rápido que Rossi, quando a chuva era mais forte! – e que obteve assim o seu primeiro pódio, onde foi acompanhado por Andrea Dovizioso, completando um pódio totalmente Italiano, o que aconteceu pela segunda vez este ano.

O melhor piloto Honda acabou por ser Dani Pedrosa, somente na quinta posição – isto depois de Marc Márquez ter caído quando seguia na segunda posição, atrás de Valentino Rossi.

Scott Redding terminou em sexto, sendo o melhor piloto a correr em casa e conseguindo mesmo o seu melhor resultado da época. Redding aproveitou estar em Silverstone para dar a conhecer que assinou contrato com  Pramac Racing, correndo assim pela Ducati no próximo ano.

Para além de Márquez, também Pol Espargaró, Stefan Bradl, Jack Miller e Cal Crutchlow (colegas de equipa na LCR, que caíram da mesma forma, no mesmo sítio, um atrás do outro, mas sem se tocarem, quando seguiam Rossi!) sofreram quedas no piso escorregadio, todos eles saindo ilesos.

Johann Zarco dominou nas Moto2

Johann Zarco dominou nas Moto2

Zarco e Kent dominam em Moto2 e Moto3

Nas Moto2, o domínio continua a ser do francês Johann Zarco, que ganhou pela quinta vez este ano e aumentou a liderança do campeonato para 85 pontos sobre o estreante Alex Rins, que terminou na segunda posição. O campeão do mundo de Moto2 Tito Rabat terminou em terceiro, perdendo assim a segunda posição do campeonato para Rins.

Nas Moto3, o português Miguel Oliveira provou uma vez mais que não se habitua a condições climatéricas fora do habitual e, pela segunda vez este ano à chuva, terminou fora do “top ten”, em 13º, depois de ter chegado a andar em sexto. Danny Kent venceu a sua corrida caseira, na frente de Jakub Kornfeil, que obteve assim o seu primeiro pódio. Na terceira posição ficou o vencedor da corrida de Brno, Niccolo Antonelli.

CLASSIFICAÇÕES

MotoGP – MotoGP

Moto2 – Moto2

Moto3Moto3

Fábio Santos

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s