Sebastian Vettel dominou GP da Hungria

Piloto dedicou triunfo a Jules Bianchi

Sebastian Vettel dominou o GP húngaro desde o arranque

Sebastian Vettel dominou o GP húngaro desde o arranque

Foi em francês que Sebastian Vettel dedicou a sua vitória no GP da Hungria, a segunda esta temporada e segunda com a Ferrari, a Jules Bianchi, o piloto da Marussia que faleceu na semana passada, nove meses depois de um acidente durante o GP do Japão o ter colocado em coma irreversível: “Merci Jules. Cette victoire est pour toi”. Impecável no arranque, Vettel assumiu de imediato o comando da corrida, que dominou a seu bel-prazer e sem ninguém por (muito) perto a incomodá-lo, com exceção de Nico Rosberg, já na fase final da corrida. Sobreviveu mesmo a uma situação de “safety car” em pista, para assinar o 41º triunfo da sua carreira n1 F1, subindo ao mais alto lugar do pódio ladeado pelo par da Red Bull, com Daniil Kvyat a bater Daniel Ricciardo e a conquistar o seu primeiro pódio na F1.

Mas, se o triunfo de Sebastian Vettel e a sua corrida foram calmas e sem sobressaltos, o mesmo não se passou atrás de si. Sempre o mais rápido durante os treinos livres e autor de mais uma “pole position”, Lewis Hamilton “borrou a pintura” na largada, caindo para o 4º lugar. E, depois disso, ainda fez mais asneiras, demonstrando que, uma vez mais, está com a cabeça noutro local – provavelmente, e segundo as revistas cor-de-rosa, no coração da cantora Rihanna, com quem foi visto a jantar num restaurante de luxo nova-iorquino e com quem passou uma noite de diversão, antes de viajar para Budapest…

Lewis Hamilton esteve em dia verdadeiramente não

Lewis Hamilton esteve em dia verdadeiramente não

Seja como for, Hamilton perdeu uma soberana oportunidade de dilatar ainda mais a sua vantagem na liderança do campeonato e só a manteve e, até, ganhou mais um par de pontos a Nico Rosberg, porque este foi vítima de um “atropelamento” por parte do Red Bull de Ricciardo, quando ambos estavam em luta direta pelo 2º posto, sendo obrigado a entrar nas boxes, com um furo e, com isso, caindo para trás de Hamilton.

Daniil Kvyat subiu pela primeira vez ao pódio

Daniil Kvyat subiu pela primeira vez ao pódio

Quem beneficiou com este desentendimento acabou por ser Daniil Kvyat, que subiu ao 2º lugar por troca com Ricciardo, que foi 3º, na frente de Max Verstappen que, na quarta vez em que pontuou, quase subiu ao pódio… E isto com 17 anos! Quem disse que ele era demasiado novo para a F1?

A McLaren festeja efusivamente o 5º lugar de Alonso

A McLaren festeja efusivamente o 5º lugar de Alonso

Boa prova para os McLaren/Honda, pois não somente Fernando Alonso (que, entretanto, manifestou durante o fim-de-semana o seu desencanto com a atual F1 e mostrou o seu interesse por outras disciplinas do automobilismo, o que diz bem da sua desmotivação e de que estará já a olhar para o futuro a curto prazo…) terminou a corrida em 5º lugar, como também Jenson Button acabou nos pontos, mais precisamente em 9º, na frente de Marcus Ericsson que, pela terceira vez este ano, levou o Sauber aos lugares pontuáveis.

Max Verstappen conquistou o seu melhor resultado na F1

Max Verstappen conquistou o seu melhor resultado na F1

No Hungaroring, quem mais uma vez se pode queixar de muito azar, foi Kimi Raikkoknen, Em segundo atrás de Vettel, o finlandês acabou por abandonar, depois de muito cedo começar a debater-se com problemas no motor de regeneração da energia nas travagens.

Felipe Nasr voltou a levar o Sauber aos pontos

Felipe Nasr voltou a levar o Sauber aos pontos

Pela segunda vez este fim-de-semana, os limitadores da pista, demasiado altos, fizeram uma vítima. Depois de Sérgio Pérez ter capotado duas vezes nos primeiros treinos livres, sexta-feira, quando o seu Force India bateu de frente nos “rails”, após um problema na suspensão, antes de “tropeçar” num corretor, ao regressar de lado à pista, que o atirou ao ar e fez acabar com as rodas para cima, na prova, a vítima voltou a ser um Force India, mas agora o de Nico Hulkenberg, que viu desfazer-se a asa da frente do seu carro, em plena reta da meta, depois de passar antes por cima de um limitador, enchendo a pista de detritos e obrigando à entrada do “safety car”. Medidas urgentes, precisam-se…

CLASSIFICAÇÕES

Daniel Ricciardo e Daniil Kvyat dão banho mútuo num pódio pouco usual

Daniel Ricciardo e Daniil Kvyat dão banho mútuo num pódio pouco usual

Corrida: http://www.crash.net/f1/results/221405/1/hungarian-grand-prix-race-results.html

Campeonatos: http://www.f1fanatic.co.uk/2015/07/26/2015-hungarian-grand-prix-championship-points/

Próxima corrida: GP da Bélgica (21 a 23 de Agosto)

Os pilotos fizeram uma sentida homenagem a Jules Bianchi

Os pilotos fizeram uma sentida homenagem a Jules Bianchi

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s