Michael Schumacher ainda não fala nem se mexe

Reabilitação custa 140 mil euros por semana

Schumacher ainda não se mexe nem fala mas estará a "fazer progressos"

Schumacher ainda não se mexe nem fala mas estará a “fazer progressos”

Sabine Kehm, porta-voz da família Schumacher, garantiu há dias que o antigo hepta-Campeão do Mundo de F1 está a fazer progressos na sua recuperação, mas sem adiantar pormenores sobre a mesma. Porém, a realidade é que o alemão, de 46 anos, “continua imóvel, ainda não consegue falar” e tem à sua volta uma equipa especializada de 15 profissionais de saúde, que cuidam dele 24 horas sobre 24 horas, sete dias por semana, num processo que custa 140 mil euros por semana.

Michael Schumacher, que sofreu uma queda enquanto fazia esqui, nos Alpes franceses, a 29 de Dezembro de 2013, batendo com a cabeça numa rocha, ficou em estado de coma desde então, com graves lesões cerebrais. Após vários meses nessa situação, dela foi retirado pelos médicos, antes de ser transportado, em Junho passado, do hospital de Grenoble, em que estava desde o acidente, para outro, na Suíça, mais perto de casa. Aí permaneceu, enquanto uma suite na sua mansão de Gland, nas margens do Lago Geneve, era transformada e adaptada para o receber e aí ele pode receber todos os cuidados máximos necessários na sua situação. Schumacher regressou a casa em 9 de Setembro e, desde então, pouco ou nada se tem sabido sobre a sua evolução.

A notícia que relata estes pormenores foi agora publicada no jornal britânico “Express” e nela é também revelado que a equipa médica que o acompanha, segundo Sabine Kehm, “tem sempre em mente a seriedade dos seus ferimentos.”

O jornal adianta ainda que, para fazer face às despesas com a saúde do marido (que ascenderão já a mais de 14 milhões de euros), Corinna Schumacher vendeu o jato privado de Michael, que lhe terá rendido 34 milhões de euros e está mesmo a considerar desfazer-se do “chalet” que a família possui em França, mais precisamente em Meribel, onde estavam em férias quando o antigo piloto da Ferrari e da Mercedes sofreu o acidente. O património da família Schumacher, que é gerido por Corinna, está avaliado em 700 milhões de euros.

Hélio Rodrigues

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s