Juan Pablo Montoya ganhou Indy 500

Quinze anos depois…

Juan Pablo Montoya bebe o leite da vitória nas Indy 500

Juan Pablo Montoya bebe o leite da vitória nas Indy 500

Juan Pablo Montoya venceu as Indy 500 pela segunda vez na sua carreira, quinze anos depois da sua primeira, que tinha sucedido no já longínquo ano 2000. Para o colombiano da Penske, esta foi uma corrida de trás para a frente, tendo que recuperar posições de forma endiabrada, após ter sido relegado para o 30º lugar, consequência de um toque em Simona de Silvestro, que o obrigou a ir às boxes trocar a asa traseira do monolugar. Depois, sem nada a perder, foi ganhando lugares – antes da 80ª volta, estava já nos dez primeiros e, 40 voltas mais tarde, estava na luta pela vitória. Esta decidiu-se após a última situação de bandeiras amarelas, provocada pelo espetacular acidente entre Jack Hawksworth e Sebastián Saavedra e que arrastou também Stefano Coletti, quando Montoya ficou em luta direta com Will Power e Scott Dixon. A cinco voltas do fim, deixou Dixon para trás e, até receber a bandeira de xadrez, “apenas” teve que se defender de Power, com este a nunca baixar os braços, embora uma pior saída da Curva 4 o tenha impedido de festejar o seu primeiro triunfo na prova. Por isso, quem bebeu o tradicional leite da vitória acabou pro ser Montoya que, quase aos 40 anos e neste seu regresso à competição, está cada vez mais perto de conseguir recuperar o título de campeão, que ostentou em 1999, na então ChampCar, antes de ir para a F1. A prova foi marcada por diversos acidentes. Para lá do que envolveu Hawksworth e Saavedra, com este a passar pelo hospital, com problemas num pé, também aconteceu um que envolveu os três pilotos da Dale Coyne Racing, em plenas boxes e que provocou ferimentos graves a dois mecânicos das equipa.

CLASSIFICAÇÃO

Juan Pablo Montoya (Penske), 200 voltas; Will Power (Penske), a 0,1046s; Charlie Kimball (Ganassi), a 0,7950s; Scott Dixon (Ganassi), a 1,0292s; Graham Rahal (RLL), a 2,3122s; Marco Andretti (Andretti), a 2,5388s; Hélio Castroneves (Penske), a 2,7821s; JR Hildebrand (CFH), a 3,5631s; Josef Newgarden (CFH), a 4,0281s; 10º Simon Pagenaud (Penske), a 4,2148s.

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s