Temporada de James Hinchcliffe terminou

Acidente nos treinos das Indy 500 foi muito grave

Jemse Hinchcliffe ficou ferido com gravidade neste acidnete nas Indy 500

Jemse Hinchcliffe ficou ferido com gravidade neste acidnete nas Indy 500

O acidente que James Hinchcliffe sofreu há dois dias, nos treinos livres para as Indy 500, foi mais grave do que inicialmente foi divulgado. O piloto canadiano, de 28 anos, embateu no muro nas barreiras SAFER na Curva 3, quando uma peça da suspensão se quebrou, impedindo-o de curvar. O choque foi brutal – dados de telemetria revelaram que o Dallara-Honda da Schmidt Peterson Motorsports seguia a 228 mph (367 km/h) nessa altura e que o piloto sofreu forças de 125 G no momento do embate– e o carro pegou fogo, fazendo um pião, antes de antes de deslizar e capotar brevemente, imobilizando-se com o piloto no interior, consciente mas sem conseguir sair. Após ser retirado do “cockpit”, foi transportado para o hospital, onde sofreu uma cirurgia ao que então se pensava ser “um ferimento numa perna”. Porém, mais detalhes foram agora revelados e a temporada de James Hinchcliffe deverá ter terminado no muro de Indianapolis.

De facto, James Hinchcliffe sofreu ferimentos bem mais graves, provocados por um componente da suspensão, que penetrou no habitáculo e, depois de trespassar a perna esquerda de um lado ao outro, continuou através de célula de segurança, entrando na parte superior da perna direita, antes de parar, já na região pélvica de Hinchcliffe. Estas múltiplas intrusões danificaram uma artéria e provocaram uma intensa perda de sangue e, apesar da gravidade dos ferimentos nas pernas, a principal preocupação dos elementos médicos foi pararem a hemorragia, ainda no local do acidente, onde ficou uma enorme poça de sangue. Não foram atingidos nenhuns ossos durante o percurso da peça metálica, apenas tecidos moles.

No hospital, a operação foi bem sucedida mas, dois dias depois, James Hinchcliffe permanece na unidade de cuidados intensivos, sendo cada vez menos provável que regresse às competições durante a presente temporada, que termina em Agosto. Para as Indy 500, onde Hinchcliffe detinha a 24ª posição na grelha, a equipa ainda não divulgou o nome do piloto que o irá substituir.

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s