Citroën C5 Cross Tourer 2.0 HDi 160 Exclusive

Vestida para impressionar

Citroën C5 Cross Tourer ???? (Fotos: Cais da Matinha, Lisboa)

Citroën C5 Cross Tourer 2.0 HDi 160 Exclusive (Fotos: Cais da Matinha, Lisboa)

Não, não vai poder subir e descer corta-fogos com a Citroën C5 Cross Tourer. Nem, sequer, andar na lama ou em areia – falta-lhe, por exemplo, a tração às quatro rodas. Mas a sua maior altura ao solo, controlável e que pode chegar aos 75 mm, umas vestes a condizer com um certo espírito aventureiro e um equipamento muito próprio, dão a certeza de estarmos na presença de uma carrinha diferente. No entanto, feita à imagem de vários exemplos da concorrência. Senhoras e senhores, eis a Cross Tourer, uma C5 vestida para… impressionar.

A Citroën definiu a C5 Cross Tourer como uma “versão para todos os percursos” e baseia-a em várias alterações, quase todas elas bem visíveis, à C5 “normal”. As visíveis saltam bem à vista de quem para ela olha; as invisíveis, são tecnológicas e estão “dentro” do esguio perfil de quase cinco metros de comprimento. Não se veem, é certo, mas são úteis – embora nem sempre se adequem a “todos os percursos”…

Personalidade vincada

A C5 Cross Tourer tem uma forte personalidade própria

A C5 Cross Tourer tem uma forte personalidade própria

O Citroën C5 desde sempre foi uma espécie de “navio-almirante” da frota da marca francesa. Generoso no espaço interior, exteriormente passou a ser uma referência de estilo nesta geração, que aliás já tem alguns anitos em cima. Mesmo assim, nunca passou de moda e, até agora, a Citroën limitou-se a cirúrgicas evoluções, adequando a oferta a pormenores como luzes LED ou mínimas “figuras de estilo”, quase impercetíveis a olho nu.

A elegância da C5 não ficou beliscada com a adoção de reforços exteriores

A elegância da C5 não ficou beliscada com a adoção de reforços exteriores

Isso não sucede com a C5 Cross Tourer, uma versão estilisticamente mais radical da bela C5 Tourer – sem dúvida, o exercício de formas mais equilibrado na palete de ofertas da Citröen. E que, com tudo aquilo que a marca decidiu pôr-lhe em cima, não perde pitada da sua elegância – embora esta deixe de ser tão subtil, passando a ser algo mais musculada.

As bonitas jantes de 18" são de série

As bonitas jantes de 18″ são de série

Assim, para a preparar para algumas excursões mais afastadas do asfalto – mas sem exageros, pois não existe tração total, apenas às rodas da frente, embora o Controlo de Tração Inteligente faça uma gestão criteriosa da tração, adaptando-a a cada tipo de terreno e possibilitando, assim, incursões em zonas de lama ou neve – a Cross Tourer exibe algumas extensões na carroçaria, como cavas das rodas alargadas e protegidas com contornos em plástico negro; embaladeiras específicas reforçadas; protetor dianteiro sob o para-choques dianteiro e difusor traseiro em alumínio escovado; e frisos cromados laterais inferiores. Estes “atributos de estilo” (mais uma vez, as palavras são da Citroën) são complementados pelas barras longitudinais no tejadilho, em cinzento acetinado Anthra, pelas bonitas e agressivas jantes em liga leve diamantadas de 18” e “design” específico Anthra (curiosamente, tem pneu suplente, mas este é de 17”!) e pelas capas dos retrovisores exteriores cromadas.

As proteções em alumínio escovado na frente e atrás identificam bem a C5 Cross Tourer

As proteções em alumínio escovado na frente…

Enfim, salta também à vista que esta C5 tem uma maior altura ao solo – na verdade, são mais 15mm, que podem ser aumentados para os 60mm (até 10 km/h) através da suspensão Hydractive III, em extensão máxima, um “mimo” dinâmico existente no nível superior de equipamento, o Exclusive, exatamente aquele que ensaiámos – e que permite as tais excursões para territórios mais enrugados e ou escavados. Até aos 40 km/h, a altura ao solo desce para os 40 mm e, a partir dos 70 km/h, essa altura é automaticamente reduzida, favorecendo o conforto, o comportamento, a aderência dinâmica, a aerodinâmica e, claro, a segurança. Outra consequência da suspensão Hydractive III (a mais recente e evoluída versão desta suspensão, que fez dos Citroën um portento de conforto já lá vão alguns anos) é a manutenção constante da altura ao solo, independentemente da carga, dos percursos utilizados e do perfil das estradas.

... e atrás identificam bem a C5 Cross Tourer

… e atrás identificam bem a C5 Cross Tourer

O AutoanDRIVE ensaiou a versão topo de gama – ou seja, além de ter o equipamento superior, tinha também o motor mais forte, o 2.0 HDi de 160 cv (na verdade, são 163). Que, associado a uma caixa de manual de seis velocidades, se mostrou apto para todas as utilizações, desde auto-estrada ao trânsito mais ou menos fluido, sem esquecer o urbano. Onde, graças a um binário de 340 Nm – embora disponível apenas quase nas 2.000 rpm – não padece de grandes hesitações nem necessita de constantes recursos à caixa de velocidades, que se mostrou eficaz e de engreno rápido e fácil. No final, o consumo ficou-se pelos 6,3 l/100 km, um valor nada mau para um volume tão óbvio como o da C5 Cross Tourer.

Sala de estar sobre rodas

A C5 Cross Tourer é um espaçoso salão sobre rodas

A C5 Cross Tourer é um espaçoso salão sobre rodas

A C5 Cross Tourer Exclusive funciona como uma autêntica sala de estar sobre rodas. Se não, vejamos: apesar de não terem sido feitas alterações ao “design”, ao espaço e à qualidade e ergonomia genéricas para esta versão, a Citroën colocou lá dentro quase tudo o que é preciso para um conforto de rolamento quase absoluto.

Os cromados na carroçaria e os vidros escurecidos são de série

Os cromados na carroçaria e os vidros escurecidos são de série

De série, a C5 Cross Tourer já traz coisas como retrovisores exteriores elétricos, rebatíveis e com função de desembaciamento; radar de ajuda ao estacionamento à frente e atrás (com indicador de lugar disponível); regulador e limitador de velocidade; faróis diurnos de LED com apresentação contínua em ‘Boomerang’ e os estáticos de curva (iluminação a 75o); ar condicionado automático bi-zona (temperatura e distribuição) com deteção automática de poluição; sistema áudio e de navegação; volante revestido a cabedal; vidros escurecidos “Darktail”; ou tapetes com logo bordado “CrossTourer” (a única concessão a esta nova versão).

A bagageira continua com 533 litros e tem portão elétrico

A bagageira continua com 533 litros e tem portão elétrico

Mas a versão Exclusive acresce a elas mimos generosos, como estofos mistos em cabedal/trama Andorre Mistral e regulações elétricas dos bancos e duas memórias; vidros dianteiros acústicos; contornos dos vidros cromados + friso cromado; travão-de-mão elétrico; volante revestido a cabedal e com decorações com aspeto metálico; quadro de bordo colorido + Iluminação ambiente; faróis de Xenon bi-função direcionais + farol dinâmico de curva (105º de iluminação) + lava-faróis; portão da bagageira (com um volume de 533 litros, extensível até aos 1.490) elétrico e Citroën eTouch (Chamada de Assistência Localizada, de ajuda em caso de avaria técnica, e Chamada de Urgência Localizada, para uma intervenção mais rápida em caso de emergência ou acidente). No final, a fatura ascende a pouco menos de 45.500 euros, valor que é amplamente compensado pela oferta contida no “envelope” de um luxo diferente que é (continua a ser…) a C5 Cross Tourer.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

A C5 Cross Tourer é uma proposta diferente para viagens de evasão

A C5 Cross Tourer é uma proposta diferente para viagens de evasão

Motor: Diant. transv., quatro cilindros em linha, quatro válvulas p./cilindro, duas árvores de cames à cabeça, 16 v., 1.997 cc, turbo-Diesel de geometria variável, inj.directa c./“common rail”, e “intercooler”; Potência (cv/rpm): 163/3.750; Binário (Nm/rpm): 340/2.000; Vel. Máx. (km/h): 210; Acel. 0-100 km/h (s): 9,3; Consumos (l/100 km): 5,1; Consumos AutoanDRIVE (l/100 km): 6,3; Emissões CO2 (g/km): 133; Preço (euros): 45.459 (base)

O preço da C5 Cross Tourer com este equipamento começa nos ???? euros

O preço da C5 Cross Tourer com este equipamento começa nos 45.459 euros

Texto: Hélio Rodrigues; Fotos: C.Santos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s