Joey Logano venceu Daytona 500

Há sempre uma primeira vez

Joey Logano festeja o triunfo na Daytona 500,

Joey Logano festeja o triunfo na Daytona 500,

E, para Joey Logano, esta foi a primeira vez que venceu a Daytona 500, em simultâneo a tradicional prova de abertura de cada temporada da Nascar Sprint Cup e a mais prestigiada de todas. Um triunfo aqui, vale por todo o campeonato… e não só em termos financeiros! O piloto da Penske, que esteve sempre entre os dez primeiros durante toda a corrida, começou ao ataque na fase final e quando, a três voltas do fim, sucedeu uma situação de bandeiras amarelas, provocada pelo acidente de Justin Allgeier, após rebentar um pneu, estava já na frente.

Logano conseguiu depois manter uma certa distância, no “restart”, para Denny Hamlin, Jimmie Johnson (autor de uma grande recuperação que o levou ao comando durante 39 voltas, depois de ter sido atirado para a cauda do pelotão com uma penalização no início da corrida) e Martin Truex Jr. Porém, não foram estes os seus adversários finais quando, já depois de retirados os destroços do carro de Allgeier, surgiu nova situação de acidente, na reta oposta à da meta, após Austin Dillon acertar em Jeff Gordon (a fazer a sua última Daytona 500 e que foi quem maior número de voltas liderou), a volta e meia da bandeira de xadrez, mas sim Kevin Harvick e Dale Earnhardt Jr. – e que foram os seus principais rivais na segunda metade da prova, chegando a rodar os três lado a lado! – que já estavam atrás de si em luta cerrada pelo segundo lugar. Porém, Logano não se deixou intimidar e manteve a distância segura para eles, quando a corrida foi dada como terminada, sob bandeiras amarelas.

CLASSIFICAÇÃO:

Joey Logano (Penske Ford), 203 voltas; Kevin Harvick (Stewart-Haas Chevrolet), a 1,006s; Dale Earnhardt Jr. (Hendrick    Chevrolet), a 1,193s; Denny Hamlin (Joe Gibbs Toyota), a 1,761s; Jimmie Johnson (Hendrick Chevrolet), a 2.102s; Casey Mears (Germain Chevrolet), a 2,578s; Clint Bowyer (MWR Toyota), a 2,779s; Martin Truex Jr. (Furniture Row Chevrolet), a 3,167s; Kasey Kahne (Hendrick Chevrolet), a 3,340s; 10º Greg Biffle (Roush Fenway Ford), a 3,373s. Classificados 33 pilotos.

HR

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s