Renault Clio R.S. 200 EDC Monaco GP

Mais uma desculpa

Renault Clio R.S 200 EDC Monaco GP

Renault Clio R.S 200 EDC Monaco GP

Já uma vez o dissemos, mas então sobre o Renault Mégane R.S. – qualquer desculpa é boa para voltar a sentir a adrenalina a correr nas veias, quando nos sentamos ao seu volante. Isso é também válido para o Clio R.S.: a mais recente é a versão Monaco GP, que até tem um cheirinho a… Monte Carlo. Ou, pelo menos, parece!

A assinatura Monaco GP é a forma como a Renault encontrou para evocar o GP do Mónaco de F1, ainda hoje um dos mais carismáticos e raros exemplos de pureza desportiva existentes na F1. Em diferentes ocasiões, a marca francesa utilizou-a para batizar edições muito especiais de determinadas gamas, como o Laguna Coupé, o Mégane Coupé e o Mégane R.S. Chegou agora a vez do Clio R.S. e esta é a desculpa perfeita para fazer o coração bater mais forte.

Uma personalidade exclusiva

O Clio RS 200 EDC Monaco GP é mecanicamente igual aos anteriores

O Clio RS 200 EDC Monaco GP é mecanicamente igual aos anteriores

Não é que o Renault Clio R.S. 200 EDC Monaco GP tenha alguma coisa de diferente dos anteriores, em termos mecânicos e dinâmicos. Nada disso: continua a ser impulsionado (e de que maneira) pelo bloco 1.6 turbo de 200 cv que, e também tal como nos outros, está associado à caixa de velocidades automática de dupla embraiagem EDC, com as passagens a serem feitas por (enormes!) patilhas situadas atrás do volante (desportivo, em couro perfurado).

O Clio RS 200 EDC Monaco GP é um dos mais eficazes pequenos desportivos do mercado

O Clio RS 200 EDC Monaco GP é um dos mais eficazes pequenos desportivos do mercado

Tal como os outros, continua a acelerar dos 0 aos 100 km/h em 6,7 s e, claro, possui o sistema de arranque, parado, designado por “launch control” e que, além do mais (porque apenas funciona no modo RS Drive, que tona as passagens de caixa mais rápidas, a pedal do aldo direito mais sensível, tal como a direção e o roncar do motor mais agudo e sonoro), transforma a “alma” deste Clio tão especial num devorador de curvas e contracurvas.

O chassis do Clio RS 200 EDC Monaco GP continua a ser io Cup

O chassis do Clio RS 200 EDC Monaco GP continua a ser io Cup

Tudo, graças aos Chassis Cup, de competição, que tornas a diversão nos troços mais empenhativos e sinuosos numa verdadeira ode aos nossos mais apurados sentidos. Mas também ao diferencial eletrónico bloqueável e da direção muito precisa e que sabe digerir bem a potência que lá chega. Cuidado, contudo, com as zonas mais irregulares, pois então é preciso ter genes de “piloto” para dominar este que, seja como for, é um dos mais eficazes e divertidos pequenos desportivos existentes no mercado.

Para se retirar mesmo prazer deste Clio o segredo é andar depressa

Para se retirar mesmo prazer deste Clio o segredo é andar depressa

Já agora, é preciso que se diga que apenas andando mesmo depressa se consegue retirar prazer autêntico do Clio R.S. 200 EDC, pois é nos altos regimes que se extrai o melhor sumo do extraordinário bloco 1.6 turbo, assim como é aí que a caixa EDC realmente funciona. Se quiser passear pela Marginal, gozando o pôr-do-sol, também o pode fazer – tendo a certeza de que, com exceção do amortecimento pouco confortável e da voz mais “grossa”, este Clio fica um cordeirinho.

As diferenças são estéticas e começam na cor exterior exclusiva

As diferenças são estéticas e começam na cor exterior exclusiva

Mas, afinal, onde estão as diferenças entre este Clio R.S. 200 EDC e os outros? Simples: na imagem – até porque, mesmo sendo especial, o RS Monitor 2.0, que dá acesso à telemetria do motor (acelerações, forças G em curva, aceleração e travagem, torque, temperaturas do óleo e, através da função RS Replay, permite também criar ou telecarregar circuitos reais, gravando e reproduzindo as voltas neles efetuadas, para depois as visualizar num mapa criado para esse efeito) continua a ser um opcional (250 euros). Já o sistema integrado R-Link é de série.

Apenas foram feitas 500 unidades do Clio Monaco GP e este é o nº 404

Apenas foram feitas 500 unidades do Clio Monaco GP e este é o nº 404

E a imagem do Clio R.S. 200 EDC Monaco GP – de que apenas foram feitos 500 unidades, das quais somente cinco vieram para Portugal, sendo numeradas na soleira da porta (já agora, a “nossa” tinha o nº 404) é mesmo exclusiva. Desde logo, na cor – “Give Nacarado”, que apenas existe aqui, num conjunto em que o tejadilho é em preto. Negras são também as aplicações exteriores, desde as lâminas dianteira tipo F1 ao difusor traseiro, passando pelas proteções laterais, pegas das portas, retrovisores exteriores e “aileron” traseiro. Até as (também exclusivas) jantes em liga leve de 18” são negras. Ainda no que ao exterior diz respeito, a assinatura “Monaco GP” está nas proteções inferiores da carroçaria.

O interior é refinado, tem muita qualidade e respira poder desportivo

O interior é refinado, tem muita qualidade e respira poder desportivo

No interior, visivelmente desportivo, com os bancos dianteiros tipo “bacquet” também surgem motivos alusivos a esta personalidade tão específica do Clio R.S., sendo os tons preto e cinzento harmoniosamente conjugados. No volante, na alavanca e no fole da caixa de velocidades, nas molduras dos altifalantes e na decoração inferior das pegas das portas existem aplicações Dark Metal e os contos de segurança são cinzentos. Também os tapetes são exclusivos “Renault Sport” e a soleira das portas, para lá do nº de série, ostenta a assinatura “Monaco GP”.

As jantes de 18" são exclusivas a assinatura Monaco GP

As jantes de 18″ são exclusivas a assinatura Monaco GP está na proteção inferior

O preço a pagar pelo Renault Clio R.S. 200 EDC Monaco GP é de 31.450 euros e. para quem é picuinhas, sempre adiantamos que os consumos não são baixos – no nosso caos, pouco baixaram dos 10 l/1 00 kms, o que, podendo ser elevado, reflete na perfeição porque razão foi criado este Clio – para andar depressa e bem.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

Os consumos são elevados mas isso pouco importa pelo gozo que dá

Os consumos são elevados mas isso pouco importa pelo gozo que dá

Motor: Diant., transv., 1.618 cc, 4 cil. em linha, 4 válvulas por cilindro, duas árvores de cames à cabeça, distribuição variável, injeção indireta, turbo compressor com “intercooler”; Potência (cv/rpm): 200/6.000; Binário Máx. (Nm/rpm): 240/1.750 – 5750; Vel. Máx. (km/h): 230; Acel. 0-100 km/h (s): 6,7; Consumos (l/100 km): 6,3; Consumos AutoanDRIVE (l/100 km): 9,8; Emissões CO2 (g/km): 144; Preço (euros): 31.450

O Renault Clio R.S 200 EDC Monacfo GP custa 31.450 euros

O Renault Clio R.S 200 EDC Monacfo GP custa 31.450 euros

Texto: Hélio Rodrigues; Fotos: C.Santos e Divulgação (Interior)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s