Franck Montagny falhou controlo anti-“doping”

Piloto com carreira em risco

Franck Montagny foi "apanhado" num controlo anti-"doping"

Franck Montagny foi “apanhado” num controlo anti-“doping”

Na altura, quando foi inesperadamente substituído, na Andretti Autosport, por Jean-Éric Vergne, nas vésperas da corrida de Formula E de Punta del Este, a razão invocada foi “doença”. Agora, quase um mês depois e outra vez nas vésperas de outra corrida daquele campeonato, agora na Argentina, soube-se a verdadeira razão: Franck Montagny falhou um controlo anti-“doping”, ocorrido depois da prova de Formula E de Putrajaya, na Malásia, acusando um derivado da cocaína. Montagny, de 36 anos (faz 37 dia 5) e que fez sete GP de F1 com a Super Aguri, em 2006, não pediu contra-análise, o que indicia que aceitou o resultado e que terá mesmo tomando aquela substância proibida pelas regras da FIA. Mais tarde, confessando-se envergonhado, o francês disse recear pela sua carreira, dizendo mesmo que ela “está em risco”. O que não é difícil de prever, dada a rigidez da FIA quando sanciona este tipo de casos: veja-se o exemplo anterior, de Tomas Enge que, ao ser apanhado pela segunda vez, em 2012, foi banido do desporto automóvel da FIA por 18 anos! Posteriormente, apelou e ganhou, convencendo a FIA de que a substância que acusou estava incluída na medicação para eventuais problemas coronários de que sofreria na altura

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s