Tributo a Mikko Hirvonen

Mikko Hirvonen disse adeus ao WRC após o Rali de Gales

Mikko Hirvonen disse adeus ao WRC após o Rali de Gales

Mikko Hirvonen deixou o WRC após o Rali de Gales, a última prova desta temporada e em que alcançou um 2º lugar ao volante de um Ford Fiesta RS WRC da M-Sport. Aos 34 anos e depois de 13 temporadas (iniciou-se nos Mil Lagos em 2002) ao mais alto nível, em que disputou 193 ralis do WRC, o finlandês – nascido em Kannonkoski, a 31 de Julho de 1980 – vai agora dedicar-se mais à família e a outros projetos, entre os quais o CrossKart, modalidade em que é pioneiro no seu país e que já confessou adorar. No WRC, nunca alcançou o título, vivendo sempre na “sombra” de um senhor chamado Sébastien Loeb. Piloto ofiial da Ford (2003 e de 2005 a 2011) e da Citroën (2001 e 2012), mesmo assim foi por quatro vezes vice-Campeão do Mundo (2008, 2009, 2011 e 2012). Numa delas, em 2009, foi batido apenas por um ponto –  mas sempre por Loeb. Subiu por 15 vezes ao degrau mais alto do pódio, ganhando provas como os Ralis da Austrália, Noruega, Gales, Japão, Polónia, Acrópole, Jordânia, Turquia, Suécia, Itália ou Finlândia. Em portugalç, venceu na estrada em 2012, mas depois o seu triunfo foi-lhe retirado na secretaria, devido a irregularidades técnicas no Citroën DS3 WRC, sendo “entregue” a Mads Ostberg. No WRC, subiu um total de 69 vezes ao pódio, ganhou 260 classificativas e conquistou 1.210 pontos. O seu derradeiro triunfo foi o Rali de Itália/Sardenha, em 2012 – o primeiro tinha sido o Rali da Austrália, em 2006.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s