Stéphane Sarrazin venceu o Tour de Corse

Um piloto “todo o terreno”

Stéphane Sarrazin dominou a 57ª edição do Tour de Corse

Stéphane Sarrazin dominou a 57ª edição do Tour de Corse

Stéphane Sarrazin, acompanhado por Jacques-Julien Renucci, conquistou a sua principal vitória nos ralis, depois de dominar a 57ª edição do Tour de Corse, ao volante de um Ford Fiesta RRC. Este triunfo culminou um duelo de gigantes, que durou toda a prova, com Bryan Bouffier, em carro idêntico, que tudo fez para contrariar o ascendente do seu veterano e eclético compatriota, mas teve que se contentar com o 2º lugar, a 18,9s. O pódio ficou completo por Kevin Abbring, com um Peugeot 208 T16, a 1m38,6s. O português Bruno Magalhães, em Peugeot 208 T16, foi 6º, atrás de outro piloto de velocidade, Romain Dumas, que foi 5º com um Porsche 997 GT3. Esapekka Lappi, que garantiu o título de Campeão da Europa (ERC) ainda durante os reconhecimentos, depois do seu colega de equipa e único rival, Sepp Wiegand, ter visto arder o seu carro após um acidente, desistiu ainda no primeiro dia da prova, vítima de acidente, com o Skoda Fabia S2000.

Para Stéphane Sarrazin, que é piloto oficial da Toyota no WEC, esta foi a prova de que ele é um dos mais versáteis pilotos da atualidade. Campeão de França de Ralis e ex-piloto da Subaru no WRC (4º na Tour de Corse de 2005 e 5º no Monte Carlo de 2006) e da Peugeot no IRC (3º no Monte Carlo de 2009), Sarrazin, de 39 anos, cumpridos no passado dia 5, foi também ganhador na F3000 (Hungria, 1999) e participou no GP do Brasil de F1 de 1999, desistindo cm um Minardi M01. Com a Toyota, subiu ao pódio por várias vezes em provas do WEC, desde 2012, ganhando mesmo as 6 Horas do Bahrain, em 2013 e, nas 24 Horas de L Mans, em que participou já por 13 vezes, desde 2001, o seu melhor resultado foi o 2º lugar nas edições de 2007 (com Pedro Lamy e Sébastien Bourdais, num Peugeot 908 HDi FAP oficial) e 2013 (com Anthony Davidson e Sébastien Buemi, num Toyota TS030 Hybrid oficial). Este na, correu na primeira jornada da Formula E, em Beijing, classificando-se em 9º lugar com o carro da Venturi e, em 2011 e 2012, correu em três jornadas dos V8 Supercars australianos.

CLASSIFICAÇÃO

Stéphane Sarrazin/Jacques-Julien Renucci (Ford Fiesta RRC), 2h36m48,4s; Bryan Bouffier/Xavier Panseri (Ford Fiesta RRC), a 18,9s; Kevin Abbring/Sebastian Marshall (Peugeot 208 T16), a 1m38,2s; Éric Camilli/Benjamin Veillas (Peugeot 207 S2000), a 2m24,1s; Romain Dumas/Denis Giraudet (Porsche 997 GT3), a 5m41,9s; 6º Bruno Magalhães/Carlos Magalhães (Peugeot 208 T16), a 6m29,9s; Jean-Mathieu Leandri/Fabrice Gordon (Ford Fiesta R5), a 7m33,5s; Jaromir Tarabus/Daniel Trunkát (Skoda Fabia S2000), a 7m51,3s; Pierre-Antoine Guglielmi/Jean-Noel Vesperini (Renault Clio R3), a 10m19,0s; 10º Laurent Reuche/Jean Deriaz (Renault Clio R3T), a 13m21,0s.

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s