Nico Rosberg ganhou GP do Brasil

Título ficou adiado para o Abu Dhabi

Rosberg dominou no Brasil e ainda pode ser Campeão

Rosberg dominou no Brasil e ainda pode ser Campeão

Nico Rosberg venceu o GP do Brasil, depois de dominar desde os treinos livres, efetuando o melhor tempo em todas as sessões e, na corrida, liderando desde a largada. Lewis Hamilton minorou os estragos ao terminar em 2º lugar, mas agora vai para o último GP, no Abu Dhabi, com apenas 27 pontos de vantagem sobre o seu colega de equipa, tendo que voltar a ser 2º, caso Rosberg ganhe de novo, para garantir o título de Campeão do Mundo. É que nesta prova os pontos valem a dobrar… se não, já era campeão! O pódio brasileiro ficou completo pelo local Felipe Massa, que conseguiu ser 3º classificado, depois de uma prova algo complicada, em que teve que recuperar de uma penalização por excesso de velocidade nas boxes. Jenson Button terminou no 4º lugar, na frente de Sebastian Vettel, que foi o único dos Red Bull a chegar ao fim, pois Daniel Ricciardo desistiu com problemas mecânicos, a meio da prova. Os dois Ferrari ficaram logo a seguir, com Fernando Alonso a conseguir bater Kimi Raikkonen após um duelo duro e muito intenso, no que foi um dos melhores momentos da prova. Os lugares dos pontos foram fechados por Nico Hulkenberg (8º), Kevin Magnussen (9º) e Valtteri Botas (10º), este já a uma volta.

CLASSIFICAÇÕES

Massa completou o pódio depois de uma corrida atribulada

Massa completou o pódio depois de uma corrida atribulada

Corrida: Nico Rosberg (Mercedes), 71 voltas, em 1h30m02,555s; Lewis Hamilton (Mercedes), a 1,457s; Felipe Massa (Williams/Mercedes), a 41,031s; Jenson Button (McLaren/Mercedes), a 48,658s; Sebastian Vettel (Red Bull/Renault), a 51,420s; Fernando Alonso (Ferrari), a 1m01,906s; Kimi Raikkonen (Ferrari), a 1m03,730s; Nico Hulkenberg (Force India/Mercedes), a 1m03,934s; Kevin Magnussen (McLaren/Mercedes), a 1m10,085s; 10º Valtteri Bottas (Williams/Mercedes), a 1 v.; 11º Daniil Kvyat (Toro Rosso/Renault), a 1 v.; 12º Pastor Maldonado (Lotus/Renault), a 1 v.; 13º Jean-Éric Vergne (Toro Rosso/Renault), a 1 v.; 14º Estebán Guitérrez (Sauber/Ferrari), a 1 v.; 15º Sérgio Pérez (Force India/Mercedes), a 1 v.; 16º Adrian Sutil (Sauber/Ferrari), a 1 v.

CAMPEONATOS

Vettel em 5º foi o único dos Red Bull a chegar ao final

Vettel em 5º foi o único dos Red Bull a chegar ao final

Pilotos: 1º Hamilton, 334 pontos; 2º Rosberg, 317; 3º Ricciardo, 214; 4º Vettel, 159; 5º Alonso, 157; 6º Bottas, 156; 7º Button, 106; 8º Massa, 98; 9º Hulkenberg, 80; 10º Magnussen, 55; 11º Raikkonen, 53; 12º Pérez, 47; 13º Vergne, 22; 14º Grosjean, 8; 15º Kvyat, 8; 16º Maldonado, 2; 17º Bianchi, 2. Construtores: 1º Mercedes, 651 pontos; 2º Red Bull/Renault, 373; 3º Williams/Mercedes, 254; 4º Ferrari, 210; 5º McLaren/Mercedes, 161; 6º Force India/Mercedes, 127; 7º Toro Rosso/Renault, 30; 8º Lotus/Renault, 10; 9º Marussia/Ferrari, 2.

Hamilton vai ter que ser de novo 2º se Rosberg ganhar para ser campeão

Hamilton vai ter que ser de novo 2º se Rosberg ganhar para ser campeão

Próxima prova: GP Abu Dhabi, 21 a 23 de Novembro

Alonso bateu num intenso duelo o seu colega de equipa Raikkonen e foi 6º

Alonso bateu num intenso duelo o seu colega de equipa Raikkonen e foi 6º

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s