Lewis Hamilton venceu GP dos Estados Unidos

Título vai ser decidido no Abu Dhabi

Hamilton conquistou em Austin a sua 10º vitória do ano

Hamilton conquistou em Austin a sua 10º vitória do ano

Lewis Hamilton venceu o GP dos Estados Unidos, conquistando a 10ª’ vitória da temporada e a sua 5ª consecutiva e ficando agora com 24 pontos de vantagem sobre o seu colega de equipa, Nico Rosberg, que bateu mais uma vez em pilotagem pura, noutra das muitas lutas diretas em que ambos se envolveram este ano. Com este triunfo, o 32º da sua carreira na F1, Hamilton ficou bastante mais próximo do seu segundo título de Campeão do Mundo (o primeiro foi no longínquo ano de 2008) mas, mesmo que vença o Brasil, dentro de uma semana e Rosberg não pontue, fica “somente” com 49 pontos de avanço. E “somente”, porque, pela primeira vez a História da F1, a derradeira corrida vale a dobrar no que aos pontos diz respeito (mais uma aberração “berniana”…), pelo que, no Abu Dhabi, tudo é ainda possível.

Em Austin, o interesse da corrida centrou-se no encontro entre os dois Mercedes, com Hamilton a alcançar e a passar Rosberg, com uma manobra exemplar, no final da reta da meta, na 24ª das 56 voltas da corrida, afastando-se decididamente e não dando nenhuma hipótese ao alemão de sequer tentar a desforra.

Daniel Ricciardo foi mais uma vez o melhor dos "outros" ao terminar no pódio

Daniel Ricciardo foi mais uma vez o melhor dos “outros” ao terminar no pódio

O pódio ficou completo por Daniel Ricciardo, que bateu os dois Williams de Felipe Massa e Valtteri Bottas, enquanto o melhor dos Ferrari voltou a ser o de Fernando Alonso, em 6º lugar.

Um incidente logo na primeira volta, por causa de um toque de Sérgio Pérez em Adrian Sutil, depois do mexicano ter falhado uma travagem (certamente de forma propositada, pois a FIA encarregou-se de lhe atribuir, após a prova, uma penalização por condução “descuidada!”), levou à entrada do “safety car”, o que resultou mais tarde em várias penalizações a pilotos que excederam a velocidade atrás do dito cujo, como foram os casos de Kvyat, Vergne, Maldonado e Gutiérrez (o fantasma do acidente de Bianchi, em Suzxuka, numa altura em que deveria estar em pista – e não estava – o tal de “safety car”…). De referir que, pela primeira vez este ano, Pastor Maldonado conseguiu terminar nos lugares pontuáveis, em 10º.

CLASSIFICAÇÕES

Rosberg ainda liderou a primeira parte da prova mas foi batido por Hamilton

Rosberg ainda liderou a primeira parte da prova mas foi batido por Hamilton

Corrida – 1º Lewis Hamilton (Mercedes), 56 voltas em 1h40m04,785s; 2º Nico Rosberg (Mercedes), a 4,314s; 3º Daniel Ricciardo (Red Bull/Renault), a 25,560s; 4º Felipe Massa (Williams/Mercedes) a 26,924s; 5º Valtteri Bottas (Williams/Mercedes), a 30,992s; 6º Fernando Alonso (Ferrari), a  1m35,231s; 7º Sebastian Vettel (Red Bull/Renault), a 1m35.734s; 8º Kevin Magnussen (McLaren/Mercedes), a 1m40,682s; 9º Jean-Eric Vergne (Toro Rosso/Renault), a 1m43,863s; 10º Pastor Maldonado (Lotus/Renault), a 1m47,870s; 11º Romain Grosjean (Lotus/Renault), a 1 v.; 12º Jenson Button (McLaren/Mercedes), a 1 v.; 13º Kimi Raikkonen (Ferrari), a 1 v.; 14º Estebán Gutiérrez (Sauber/Ferrari), a 1 v.; 15º Daniil Kvyat (Toro Rosso/Renault), a 1 v.

CAMPEONATOS

Os dois Williams andaram quase sempre juntos e Massa foi o melhor deles

Os dois Williams andaram quase sempre juntos e Massa foi o melhor deles

Pilotos:  1º Lewis Hamilton, 316 pontos; 2º Nico Rosberg, 292; 3º Daniel Ricciardo, 214; 4º Valtteri Bottas, 155; 5º Sebastian Vettel, 149; 6º Fernando Alonso, 149; 7º Jenson Button, 94; 8º Felipe Massa, 83; 9º Nico Hulkenberg, 76; 10º Kevin Magnussen, 53; 11º Sérgio Pérez, 47; 12º Kimi Raikkonen, 47; 13º Jean-Eric Vergne, 23; 14º Romain Grosjean, 8; 15º Daniil Kvyat, 8; 16º Jules Bianchi, 2; 17º Pastor Maldonado, 1. Construtores: 1º Mercedes, 608 pontos; 2º Red Bull/Renault, 363; 3º Williams/Mercedes, 238; 4º Ferrari, 196; 5º McLaren/Mercedes, 147; 6º Force India/Mercedes, 123; 7º Toro Rosso/Renault, 31; 8º Lotus/Renault, 9; 9º Marussia/Ferrari, 2

Fernando Alonso foi apenas 6º com  Ferrari

Fernando Alonso foi apenas 6º com Ferrari

Próxima prova: GP Brasil (7 a 9 de Novembro)

Pastor Maldonado pontuou pela primeira vez esta temporada

Pastor Maldonado pontuou pela primeira vez esta temporada

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s