Michael Schumacher “está a acordar lentamente”

Primeiros sinais de uma longa caminhada

Michael Schumachr "está a acordar muito lentamente" em casa

Michael Schumachr “está a acordar muito lentamente” em casa

Dez meses após o seu acidente de esqui, em França, Michael Schumacher “está a acordar lentamente” na sua casa no Lago Geneve, para onde foi transferido no início do Verão, pouco depois de ter começado a ser retirado do coma em que esteve induzido desde então. As palavras são de Jean-Louis Moncet, respeitado comentador francês de F1, que disse à estação de rádio Europe 1 que falou recentemente sobre o antigo campeão do Mundo com o seu filho Mick: “Encontrei-o e ele disse-me que o Michael estava a acordar muito, muito lentamente. Mas, apesar das coisas estarem a decorrer muito devagar, ele tem muito tempo [à sua frente]. Eu diria que ele tem toda a vida à sua frente para voltar às pistas.” Uma declaração otimista, até porque Schumacher já se tinha afastado, mas que pode ser entendida como a esperança de que ele poderá atingir a recuperação total. Moncet, de 69 anos, revelou ainda que, no acidente, “o problema não foi o embate na pedra, mas sim a [câmara] Go-Pro que ele levava no capacete e que provocou as suas lesões no cérbero.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s