Lewis Hamilton venceu GP do Japão mais curto

Chuva e acidente de Bianchi marcaram prova

Nico Rosberg e Lewis Hamilton no triste pódio do GP do Japão

Nico Rosberg e Lewis Hamilton no triste pódio do GP do Japão

Lewis Hamilton venceu o GP do Japão, que foi fortemente condicionado pela aproximação de um tufão, que resultou em chuvas torrenciais, que levaram mesmo a uma primeira interrupção da prova, eram decorridas duas voltas, que recomeçou mais tarde atrás do “safety car”, que esteve em pista durante nove voltas. Porém, o pior sucedeu quando, na 44ª volta, Jules Bianchi sofreu um violento acidente, quando estava em 17º lugar, provocando não apenas uma segunda amostragem das bandeiras vermelhas, como a suspensão da corrida, que foi dessa forma encurtada na sua extensão prevista de 50 voltas. Na ocasião, Hamilton estava na frente, depois de ter largado da “pole position” e assumido o comando após o seu colega de equipa, Nico Rosberg, que liderou as primeiras 28 voltas, ter alguns problemas com o segundo jogo de pneus, classificando-se em 2º lugar, a 9,2s do seu britânico, que dilatou a sua vantagem no comando do Mundial para dez pontos. Logo a seguir, ficou a dupla da Red Bull, com Sebastian Vettel de novo no pódio e de novo a bater o seu colega de equipa, Daniel Ricciardo. Jenson Buton levou o McLaren ao 5º posto, na frente dos dois Williams, de Valtteri Botas e Felipe Massa. Pela primeira vez este ano a Ferrari não pontuou, pois Kimi Raikkonen foi somente 12º e Fernando Alonso sofreu nova avaria mecânica, ainda com o “safety car” em pista.

CLASSIFICAÇÃO

Sebastian Vettel foi 3º na frente de Daniel Ricciardo

Sebastian Vettel foi 3º na frente de Daniel Ricciardo

Corrida: 1º Lewis Hamilton (Mercedes), 44 voltas em 1h51m43,021s; 2º Nico Rosberg (Mercedes), a 9,180s; 3º Sebastian Vettel (Red Bull/Renault), a 29,122s; 4º Daniel Ricciardo (Red Bull/Renault), a 38,818s; 5º Jenson Button (McLaren/Mercedes), a 1m07,550s; 6º Valtteri Bottas (Williams/Mercedes), a 1m53,773s; 7º Felipe Massa (Williams/Mercedes), a 1m55,126s; 8º Nico Hulkenberg (Force India/Mercedes), a 1m55,948s; 9º Jean-Éric Vergne (Toro Rosso/Renault), a 2m07,638s; 10º Sérgio Pérez (Force India/Mercedes), a 1 v.; 11º Daniil Kvyat (Toro Rosso/Renault), a 1 v.; 12º Kimi Raikkonen (Ferrari), a 1 v.; 13º Estebán Gutiérrez (Sauber/Ferrari), a 1 v.; 14º Kevin Magnussen (McLaren/Mercedes), a 1 v.; 15º Romain Grosjean (Lotus/Renault), a 1 v.; 16º Pastor Maldonado (Lotus/Renault), a 1 v.; 17º Marcus Ericsson (Caterham/Renault), a 1 v.; 18º Max Chilton (Marussia/Ferrari), a 1 v.; 19º Kamui Kobayashi (Caterham/Renault), a 1 v.

CAMPEONATO

Jenson Button levou o McLaren ao 5º lugar

Jenson Button levou o McLaren ao 5º lugar

Pilotos: 1º Hamilton, 266 pontos; 2º Rosberg, 256; 3º Ricciardo, 193; 4º Vettel, 139; 5º Alonso, 133; 6º Bottas, 130; 7º Button, 82; 8º Hulkenberg, 76; 9º Massa, 71; 10º Pérez, 46; 11º Raikkonen, 45; 12º Magnussen, 39; 13º Vergne, 21; 14º Grosjean, 8; 15º Kvyat, 8; 16º Bianchi, 2. Construtores: 1º Mercedes, 522 pontos, 2º Red Bull/Renault, 332; 3º Williams/Mercedes, 201; 4º Ferrari, 178; 5º Force India/Mercedes, 122; 6º McLaren/Mercedes, 121; 7º Toro Rosso/Renault, 29; 8º Lotus/Renault, 8; 9º Marussia/Ferrari, 2.

Próxima prova: GP da Rússia (10 a 12 de Outubro)

A chuva e acidentes levaram à permanência do "safety car" em pista durante várias voltas

A chuva e acidentes levaram à permanência do “safety car” em pista durante várias voltas

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s