Suspeito de roubar relatório médico enforcou-se

Crime e castigo no “caso Schumacher”

Suspeito de ter roubado relatório médico de Schumacher apareceu morto na prisão

Suspeito de ter roubado relatório médico de Schumacher apareceu morto na prisão

Um homem, que fora preso horas antes sob acusação de ter roubado parte do relatório médico de Michael Schumacher após a sua viagem de Grenoble para Lausanne, em 16 de Junho, foi encontrado morto pelas autoridades, na cela em que estava detido, em Zurique. O homem, cuja identidade não foi revelada, ter-se-á enforcado com um lençol. Sabe-se que trabalhava como diretor na companhia suíça de helicópteros Rega, a mesma que esteve envolvida na transferência do hepta-campeão do Mundo de F1 desde a unidade hospitalar em que estava internado, em coma induzido, de que entretanto já saiu, desde o seu acidente de esqui, em finais do ano passado. O inquérito levado a cabo pelo procurador de Zurique levou até este homem, que foi de imediato detido, sob acusações de violação de privacidade e de segredo médico. O indivíduo em questão terá, após ter feito o roubo, tentado vender os documentos por cerca de 60 mil francos suíços. A polícia recusou-se a divulgar o seu nome, por não existirem provas concretas do seu envolvimento no caso, mas apenas suspeitas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s