O acidente de Kimi Raikkonen

Kimi Raikkonen saiu largo numa curva à esquerda, durante a primeia volta do GP da Grã-Bretanha e perdeu o controlo do seu Ferrari quando, ao tentar regressar à pista, passou por cima de uma bossa existente no local, batendo de frente nos “rails”, do lado direito do circuito e arrancando logo ali três das rodas do seu F14T. O carro desgovernado voltou ao asfalto, que atravessou no meio do pelotão cerrado, parando contra as barreiras do outro lado. No processo, fez Kamui Kobayashi sair também da pista para o evitar, com o japonês a bater também nas barreiras de segurança. E levou com o Williams de Felipe Massa que, para evitar bater de frente no Ferrari, fez um pião de propósito, batendo-lhe com a roda traseira. Kobayashi – que conseguiu fazer a corrida, pois a Caterham teve tempo para reparar o carro durante o período de mais de uma hora em que a prova esteve parada para serem reparados os “rails” danificados pelo Ferrari – e Massa sairam ilesos, mas Raikkonen, que demorou tempo a sair do carro destruído e ficou a coxear, magoou um joelho e um tornozelo, sendo transportado ao hospital do circuito. Veja o vídeo: 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s