BMW 420d Cabrio Line Sport

O prazer é uma coisa do demónio…

BMW 420d Cabrio Line Sport (Fotos: Forte de Paimogo, Areia Branca)

BMW 420d Cabrio Line Sport (Fotos: Forte de Paimogo, Areia Branca)

…Ou talvez não! Afinal, quem não se sente bem a dar nas vistas, ao volante de um carro de sonho? E o BMW Série 4 Cabrio é isso mesmo – ou quase. Pode não ser um carro de sonho, se pensarmos naqueles automóveis que custam centenas de milhares ou, até, milhões. Mas, que faz muito bem ao ego, lá isso faz! E isso não é pecado nenhum. Por isso, que se dane o demónio… e viva o Série 4! Até mesmo nesta sua entrada de gama, o 420d, com o “simples” motor 2.0 de 184 cv, conseguimos sentir-nos nas nuvens. Ou, no mínimo, mesmo por baixo delas…

Quem disse que o hedonismo é um ptazer solitário?

Quem disse que o hedonismo é um ptazer solitário?

Quem disse ainda outra coisa – que o hedonismo é um prazer solitário? Pois não é, não senhor – pelo menos (lá vamos nós outra vez…) no Série 4 Cabrio. Aqui, o prazer, para ser mesmo prazer, tem que ser vivido a dois. Afinal, não é precisamente isso o prazer?

Instale-se e carregue no botão: em 20 segundos tem o céu por sua conta

Instale-se e carregue no botão: em 20 segundos tem o céu por sua conta

DSC06314DSC06316DSC06318DSC06321

Então, instale-se com a sua “mais que tudo” no requintado habitáculo do 420d Cabrio, carregue no botão “start/stop”, no outro botão que faz a capota (rígida e não na tradicional lona; pessoalmente, gostamos mais assim) deslizar e esconder-se por trás de si, em 20 segundos, e faça-se à estrada. Lentamente, a desfrutar a vida. Depois, faça um texto sobre o que sentiu e viveu. Ou, se não estiver para isso (claro que não está, afinal quem tem que escrever sobre estes assuntos somos nós, não é?), simplesmente recorde o prazer, numa das suas muitas formas em que ele pode ser vivido. A dois, pois então!

Da teoria à prática

O Série 4 Cabrio vem tomar o lugar deixado vago pelo antigo Série 3 Cabrio

O Série 4 Cabrio vem tomar o lugar deixado vago pelo antigo Série 3 Cabrio

Pronto: agora vamos às coisas frias e cinzentas, que têm que ser ditas. O Série 4 é a forma que a BMW encontrou para separar as “águas” – isto é, deu vida a uma nova terminologia e acabou com as versões Coupé e Cabrio do Série 3. É isso mesmo que está a pensar: o Série 4 Cabrio é o antigo Série 3 Cabrio? Não, não é – na verdade, o Série 4 Cabrio vem substituir o antigo Série 3 Cabrio, mas não é a mesma coisa, com outro nome. Digamos, que o Série 4 Cabrio é a versão descapotável do Série 3 atual, mais moderno em termos estéticos, de equipamento e com uma (ainda) maior qualidade percetível.

E pronto: os três elementos da capota rígida repousam numa plataforma na parte superior do orta-bagagens

E pronto: os três elementos da capota rígida repousam numa plataforma na parte superior do orta-bagagens

A BMW utiliza uma capota rígida, de três elementos, que demora 20 segundos a recolher-se no porta-bagagens, numa manobra simples (basta carregar num botão) e pode ser feita em movimento, mas desde que a velocidade não ultrapasse os 18 km/h (por via das cosias, o melhor mesmo é fazê-la parado!). A capota repousa num espaço próprio, situado na parte superior do porta-bagagens que, desta forma, fica com o seu volume – que, mesmo assim, não chega aos 400 litros – francamente diminuído, embora possa elevar-se um pouco, para facilitar a colocação de objetos maiores, por baixo. A BMW garante que existe um maior isolamento acústico do Série 4 Cabrio, com a capota recolhida, em relação ao antigo Série 3 Cabrio e o fato é que se pode conversar “calmamente”, sem ser aos gritos, mesmo a velocidades acima dos limites legais… Basta que o defletor de vento (304,88 euros) esteja ativo e os vidros subidos.

Viaja-se bem com qualidade e conforto no Série 4 Cabrio

Viaja-se bem com qualidade e conforto no Série 4 Cabrio

Além disso, viaja-se muito bem e com muito conforto no 420d Cabrio, mesmo que leve os cabelos ao vento. O habitáculo parece um “cockpit”, com dois lugares dianteiros individuais, o do condutor, como é tradição na BMW, todo voltado para ele mesmo – o condutor e para as suas inerentes funções. Os bancos, desportivos, são (de série) em pele Dakota preto/vermelho, aquecidos (313 euros) e têm regulação elétrica. Além disso, têm um sistema que manda ar aquecido para o pescoço, um mimo VIP para os dias mais frescos (341,46 euros). Lá atrás, podem viajar duas pessoas, mas o conforto não será nunca o mesmo, apesar dos bancos serem mais fundos e, claro, também em pele. Afinal, um 2+2 não é bem um familiar perfeito. E um Cabrio ainda menos… Já falámos de hedonismo e de egoísmo… seja a um, ou seja a dois? Já, já falámos.

O BMW 420d Cabrio é a entrada da gama e único Diesel para já no mercado

O BMW 420d Cabrio é a entrada da gama e único Diesel para já no mercado

É aqui que entra, de novo, a palavra-chave: beleza. E O BMW Série 4, seja lá que versão for – esta 420d incluída, como é óbvio, apesar de ser a entada da gama – é um dos “cabriolets” mais bonitos que existem no mercado. Aliás, para que nada falte em termos de beleza, a BMW definiu-lhe as formas cuidadosamente, polegada a polegada, em túnel de vento. E o resultado foi este: um corpo curvilíneo (lembra-lhe alguma coisa, a sua “mais que tudo”, aí mesmo a seu lado, talvez…), uma imagem dinâmica e desportiva, onde nada foi deixado ao acaso.

Visto seja de que ângulo for, o Série 4 Cabrio é um dos descapotáveis mais belos

Visto seja de que ângulo for, o Série 4 Cabrio é um dos descapotáveis mais belos

Mas, apesar de toda esta beleza, o BMW 420d Cabrio não é subtil. Ou melhor, até é – basta querermos. Mas tem consigo todos os “velhos” genes da BMW e eles dizem tudo numa única palavra; Sport. E onde está o Sport, neste Cabrio com motor de “apenas” 184 cv? Bom, em várias “coisas”, desde a tração traseira à direção desportiva variável (256 euros), sem esquecer a transmissão – que aqui era manual, de seis relações mas com opção de escolha do modo de condução, em que o “top” estava nas opções “Sport” e “Sport +”, com deste modo a desconectar as ajudas à segurança e a oferecerem ao pacato 420d Cabrio uma certa irreverência juvenil. Claro que não estamos a bordo do 435i, o mais poderoso existente na gama (sem falar no M4, claro!), mas por vezes a felicidade e o prazer (a dois) é tanto que apetece celebrá-los de forma condigna…

As formas muito puras do seu perfil foram estudadas em túnel de vento

As formas muito puras do seu perfil foram estudadas em túnel de vento

Isto, sem falar no volante desportivo em pele (170,73) e no Pack Line Sport (3.130 euros), que embeleza desportivamente o conjunto, incluindo jantes em liga leve de 18” integrando pneus Runflat 225/45R 18; bancos dianteiros desportivos; frisos em alumínio escovado, com acabamento vermelho mate Coral.

A unidade ensaiada trazia mais de 12 euros de (bom) equipamento

A unidade ensaiada trazia mais de 12 euros de (bom) equipamento

E, já que estamos a falar em equipamento, a unidade ensaiada trazia qualquer coisa como 12.237 euros “dele”, traduzido em opcionais como o sistema de navegação profissional (2.093,50 euros), sistema de som Surround Harman/Kardon (918,70); conectividade para aparelhos móveis, Bluetooth e USB (337.40); serviços ConnectedDrive (294,31), Concierge (210,57), Internet (84,55) e de informação de trânsito em tempo real (126,83); espelhos exteriores e interiores anti-encandeamento (496); apoio lombar nos bancos dianteiros (264,23); ar condicionado automático 549); Pack de luzes (219,51) e sensores de chuva e de luz (109,76), entre outros. Por isso, a fatura final atingia os 69.152 euros.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

O motor 2.0 turbo-Diesel de 184 cv é competente e económico

O motor 2.0 turbo-Diesel de 184 cv é competente e económico

Motor: Diant., 4 cil. em linha, 16 v, 1.995 cc, turbo-Diesel, turbo-compressor de geometria variável c./”intercooler”, inj.directa múltipla “common rail”; Potência (cv/rpm): 184/4.000; Binário Máx. (Nm/rpm): 380/1.750-2.750; Vel. Máx. (km/h): 235; Acel. 0-100 km/h (s): 8,2; Consumos (l/100 km): 5,1; Emissões CO2 (g/km): 133; Preço (euros): 54.100 (unidade ensaiada: 69.152,01)

O preço base do BMW 420d Cabrio é de

O preço base do BMW 420d Cabrio é de 54.100 euros

Texto: Hélio Rodrigues; Fotos: C.Santos e Divulgação (Interiores)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s