Daniel Ricciardo estreou-se a vencer na F1

Primeira derrota da Mercedes foi no GP do Canadá

Daniel Riciardo conquistou a sua primeira vitória n F1 no Canadá

Daniel Riciardo conquistou a sua primeira vitória n F1 no Canadá

À sétima foi de vez! Após seis triunfos da Mercedes, repartidos por Nico Rosberg (dois) e Lewis Hamilton (quatro), finalmente a equipa/marca alemã foi batida! Aconteceu no GP do Canadá e o “herói” de serviço foi o Daniel Ricciardo, da Red Bull – que, também à sétima tentativa como piloto da equipa, conquistou a sua primeira vitória na F1. O australiano, que largou de sexto, este apenas ficou em condições de lutar pelo triunfo a partir das segundas paragens nas boxes e somente passou para o comando em definitivo quando, na penúltima volta, conseguiu passar o líder, Nico Rosberg, a contas com problemas de travões no seu Mercedes.

Nico Rosberg assumiu o comando na partida mas depois tve problemas de travões

Nico Rosberg assumiu o comando na partida mas depois tve problemas de travões

Problemas semelhantes aos que, voltas antes, tinham levado ao abandono Lewis Hamilton, depois de uma violenta saída de pista. O pódio ficou completo com Sebastian Vettel, com os dois Red Bull no pódio pela primeira vez este ano. A corrida terminou com um grave acidente entre Felipe Massa e Sérgio Pérez, que levou ambos os pilotos ao hospital, por precaução. O choque deu-se a alta velocidade e foi consequência do embate do Williams na traseira do Force India, que estaria com problemas nos travões, levantando então voo e embatendo com força nas barreiras de pneus. Os dois pilotos levaram algum tempo a mexer-se nos “cockpits” e isso causou algum receio em todos os que assistiram ao acidente. (veja aqui o VÍDEO)

CLASSIFICAÇÕES

Button (4º) e Alonso (6º) cumprimentam-se no final da corrida

Button (4º) e Alonso (6º) cumprimentam-se no final da corrida

Corrida: Daniel Ricciardo (Red Bull/Renault), 70 voltas em 1h39m12,830s; Nico Rosberg (Mercedes), a 4,236s; Sebastian Vettel (Red Bull/Renault), a 5,247s; Jenson Button (McLaren/Mercedes), a 11,755s; Nico Hulkenberg (Force India/Mercedes), a 12,843s; Fernando Alonso (Ferrari), a 14,869s; Valtteri Bottas (Williams/Mercedes), a 23,578s; Jean-Éric Vergne (Toro Rosso/Renault), a 28,026s; Kevin Magnussen (McLaren/Mercedes), a 29,254s; 10º Kimi Raikkonen (Ferrari), a 53,678s; 11º Sérgio Pérez (Force India/Mercedes), a 1 v.; 12º Felipe Massa (Williams/Mercedes), a 1 v.; 13º Adrian Sutil (Sauber/Ferrari), a 1 v.; 14º Estebán Gutiérrez (Sauber/Ferrari), a 6 v.

CAMPEONATOS

Valtteri Bottas (7º) na frente de Jean-Éric Vergne (8º)

Valtteri Bottas (7º) na frente de Jean-Éric Vergne (8º)

Pilotos: Rosberg, 140 pontos; Hamilton, 118; Ricciardo, 79; Alonso, 69; Vettel, 60; Hulkenberg, 57; Button, 43; Bottas, 40; Magnussen, 23; 10º Pérez, 20; 11º Massa, 18; 12º Raikkonen, 18; 13º Grosjean, 8; 14º Vergne, 8; 15º Kvyat, 4; 16º Bianchi, 2.
Construtores: Mercedes, 258 pontos; Red Bull/Renault, 139; 3º Ferrari, 87; Force India/Mercedes, 77; McLaren/Mercedes, 66; Williams/Mercedes, 58; Toro Rosso/Renault, 12; Lotus/Renault, 8; Marussia/Ferrari, 2

Próxima prova: GP Áustria, 22 de Junho

Nico Hulkenberg voltou a estar em evidência terminando em 5º

Nico Hulkenberg voltou a estar em evidência terminando em 5º

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s