BMW 220d Coupé M-Sport Auto

A nova espécie

BMW 220d Coupé M-Sport Auto (Fotos: Praia d'El Rey e Alcáçovas)

BMW 220d Coupé M-Sport Auto (Fotos: Praia d’El Rey e Alcáçovas)

Charles Darwin descobriu muitas novas espécies. Mas nenhuma como as que a BMW tem descoberto e lançado no mundo automóvel. Uma das mais recentes é o Série 2, um “coupé” que vem substituir a tabela o Série 1 Coupé e que a casa bávara considera o mais ágil do segmento. O AutoanDRIVE fez umas centenas de quilómetros com a versão 220d, a única com motor turbo-Diesel hoje existente no mercado nacional e depressa percebeu que, lá ágil, ele é – e muito. Mas não só! Siga a nossa viagem.

Então, a viagem foi assim: Alenquer, Ponte das Lezírias, Samora Correia, rotunda de Pegões. Até aqui, tudo bem: sereno e suave, sempre disponível, torneando as longas curvas da N10 como se nada fosse, acelerando com um leve toque e deixando para trás todos os outros – foi assim que se portou o “nosso” BMW 220d Coupé. Na rotunda, seguimos em frente, direção Grândola: um susto constante… e uma enorme vergonha! O IC1 está uma lástima, cheio de buracos e de raízes elevadas as bermas, estreitando o leito de “asfalto” e constituindo um perigo constante e uma ratoeira mortal – o fiel reflexo da (in)competência pública que grassa em Portugal.

O BMW 220d Coupé é para já a única versão Diesel no nosso mercado

O BMW 220d Coupé é para já a única versão Diesel no nosso mercado

Por isso, em Santa Maria do Sado decidimos cortar à esquerda, em direção ao Torrão. E então, sim: numa estrada (N2) em excelentes condições, quase sem trânsito e com zonas de curvas q.b., o BMW 220d Coupé mostrou, sem sobressaltos, aquilo de que, na realidade, é capaz. Voluptuoso, viril, dinâmico, despachado – um pequeno gozo, que durou até Montemor-o-Novo, com paragem em Alcáçovas, para visitar as ruinas do Paço Real da Vila, ou Paço dos Henriques, que foi residência de reis desde o século XIV – outra vergonha nacional! Mas deixemo-nos de lamentações e, viagem feita, deixemos (isso sim!) escapar o porquê dos encómios já utilizados.

Estética dinâmica

O BMW 220d Coupé junto à Igreja Matriz do Salvador de Alcáçovas

O BMW 220d Coupé junto à Igreja Matriz do Salvador de Alcáçovas

Em 2013, a BMW decidiu descontinuar a produção do Série 1 Coupé – que era a versão de duas portas do Série 1, a entrada de uma longa oferta que, hoje, termina no i8. Então, para o substituir, criou o Série 2 Coupé – que, e regressando a Darwin, é uma evolução natural da espécie.

O BMW Série 2 é o mais desportivo das suas criações compactas

O BMW Série 2 é o mais desportivo das suas criações compactas

Em primeiro lugar, é preciso esclarecer a carroçaria Coupé é a primeira de uma Série 2 que, entretanto, já foi enriquecida com a versão Active Tourer. É que, como quem não quer a coisa, a BMW assumiu desde o início que o Serie 2 iria ser o reflexo mais desportivo das suas séries mais compactas – identidade que o Série 1 dificilmente traduzia em termos de imagem, apesar dos “kits” desportivos assinados pela M Sport, que lhe foram sendo associados. E, de fato, o Série 2 tem, mesmo nas suas versões menos apimentadas, um seu quê de irreverência, de juventude, que lhe ficam muito bem – e claro, à ancestral identidade da marca do duplo rim: uma pela qualidade e o outro pela performance.

O Série 2 é naturalmente irreverente e jovem

O Série 2 é naturalmente irreverente e jovem

Mas deixemo-nos de tergiversações e voltemos ao Série 2 Coupé, mais exatamente ao “nosso” 220d, com motor 2.0 de quatro cilindros e 184 cv – o mesmo que existe em quase todas as outras séries e que tão bem conhecemos e já digerimos noutros ensaios feitos pelo AutoanDRIVE a produtos “made by BMW”. Se os quiser ler, é só “googlar” no motor de busca do AutoanDRIVE…

O BMW 220d Coupé tem "apenas" 184 cv mas já é bem divertido

O BMW 220d Coupé tem “apenas” 184 cv mas já é bem divertido

Então vamos lá: lembra-se dos antigos BMW Série 2? Os 2002 Tii, em especial? Pois bem: a BMW garante que este novo Série 2 Coupé é o seu sucessor, 37 anos depois da sua extinção. E que trazem consigo os mesmos genes de agilidade, performance e prazer de condução. Pela nossa parte, acreditamos que sim: lembramo-nos bem dos “velhinhos” 2002 Tii, quando ainda eram novos e deixavam o asfalto marcado pelos pneus traseiros, nos arranques feitos com maior “macheza”. Lembramo-nos, é a palavra certa – pois nunca os experimentámos. Mas, depois de experimentarmos este novo Série 2 Coupé, percebemos que a verdade não deve andar lá muito longe.

A estética do Série 2 é associada a uma veia muito dinâmica

A estética do Série 2 é associada a uma veia muito dinâmica

Desde logo, porque a sua estética se associa de imediato com uma veia intrinsecamente dinâmica. Compacto, a sua frente mais longa que a traseira algo truncada, arrastam consigo genes muito semelhantes aos que podem ser apreciados no Z4. Mas, no Série 2, estão muito mais domesticados e são decerto mais consensuais, com o “capot” alongado com vincos que canalizam o ar, as generosas entradas de ar dianteiras, as cavas das rodas muito musculadas, os farolins traseiros em L com barras luminosas em LED, o para-choques traseiro feito a pensar na “downforce”, um resumo de linhas horizontais a destacar o visual do conjunto.

A linha de cintura é ascendente e a frente muito marcante

A linha de cintura é ascendente e a frente muito marcante

bviamente o Série 2 é mais elevado na linha de cintura, muito marcante e que se eleva em continuidade fluida e suave desde que nasce junto ao eixo dianteiro até “cair” na traseira robusta, e também no centro de gravidade, a sua imagem dinâmica está reforçada pela adoção do Pack M Sport – um opcional (2.134,15 Euros) que embeleza (e não só…) a roupagem original do Série 2, tornando-a ainda mais exclusiva através de, entre outros pormenores a apenas falando agora do “por fora”, frisos exteriores BMW Individual com acabamento em azul Estoril Mate; faróis de nevoeiro; molduras das janelas, braço e triângulo dos espelhos retrovisores e a oito barras da grelha dianteira em preto brilhante; logo M; ponteira do escape cromada; ou a pintura exclusiva Branco Mineral metalizada. As jantes são em liga leve de raios duplos 461M de 18” em vez de 17” (514,63 euros) e têm pneus “runflat” 225/40R 18 na frente e 245/34R 18 atrás. E o “spoiler” traseiro M é também um opcional e custa 154 euros. O “e não só…” vem explicado já a seguir ao subtítulo.

As ajudas, senhores!

A curta distância entre eixos é uma ds razões para ser diverido

A curta distância entre eixos é uma ds razões para ser diverido

Dimensões compactas, distância entre eixos a condizer com elas (2.690 mm), tração traseira, motor de 184 cv e 380 Nm de binário (disponível logo a partir das 1.750 rpm) associado a uma caixa sequencial automática desportiva Steptronic de oito velocidades com comandos por patilha no volante (1.988 euros) – e está feito o “cocktail” dinâmico que torna o BMW 220d Coupé um dos mais ágeis (a BMW garante mesmo que é o mais ágil) no seu segmento.

O "cocktail" de emoções fica completo com as suas escolhas dinâmicas

O “cocktail” de emoções fica completo com as suas escolhas dinâmicas

Estará? Na realidade, (ainda) não. Ele, o “cocktail”, só fica completo, neste caso, com a ajuda das… ajudas. Isso mesmo, as ajudas à condução. Claro que nem todas parecem ser necessárias – e algumas podem mesmo desligar-se, bastando para isso escolher a opção de condução Sport +, utilizando para isso o chamado “Botão de Experiência de Condução”, com que pode selecionar o tipo de condução que quer praticar; mas, se prefere ter eficácia nas mãos, em vez de puro gozo pelas derivas de traseira ou fumo a sair das rodas em patinagem súbita, então mantenha tudo no sítio. E vai ver que não se arrepende – afinal, quem fez mais “poles” na F1 foi Ayrton Senna, graças à sua pilotagem 1000% eficaz e não o funâmbulo e espetacular Gilles Villeneuve!

Na traseira destacam-se os faróis em L e as luzes LED

Na traseira destacam-se os faróis em L e as luzes LED

Muitas destas ajudas fazem parte integrante do Pack M Sport, como a suspensão adaptativa M. Mas outras não – e algumas delas servem mesmo só para divertir, como a função Launch Control da caixa de velocidades, com a qual se percebe como o 220d Coupé é de facto rápido nos arranques embora seja certamente mais adequada à versão M235i, a única desportiva já existente do Série 2. A direção desportiva variável (386 euros), que permite otimizar o comportamento do carro em plena curva, bem como os mais potentes travões desportivos M (515 euros) não fazem parte do Pack.

Os consumos são superiores aos anunciados mas mesmo assim ficam abaixo dos 6 l/100 km

Os consumos são superiores aos anunciados mas ficam abaixo dos 6 l/100 km

No final da viagem, mesmo sendo ela rápida, vai perceber oura coisa – que não é de desprezar. Embora a BMW arrogue consumos médios na ordem dos 4,2 l/100 kms, fazendo uso criterioso da função Auto Start/Stop, do modo de condução ECO PRO e acreditando na total regeneração da energia nas travagens, a verdade é que eles não são assim tão baixos. Mas, se somar mais um litrito e qualquer coisa, vai ver que também não são muito elevados. E, além disso, até se divertiu bastante…

O bom recheio

O interior está cheio de pormenores desportivos

O interior está cheio de pormenores desportivos

Agora, falemos do interior e do seu recheio. Mais moderno, respira… desportividade. A começar pelos bancos desportivos, para o condutor e passageiro, que estão forrados em tecido e pele Alcantara em combinação Hexagon, com costuras contrastantes em Azul Imperial e imagem exclusiva M, a mesma que têm os frisos da soleira das portas. Pois é, já percebeu: muita dessa imagem tem a ver com o Pack M Sport – como também o apoio metálico de pé ara o condutor; o seletor de velocidades mais curto com logotipo M; o volante multifunções em pele M; e o painel de instrumentos com o velocímetro e o conta-rotações com escala em vermelho e anéis de destaque.

O Série 2 é um 2 + 2 e o espaço atrás é a condizer com um... coupé

O Série 2 é um 2 + 2 e o espaço atrás é a condizer com um… coupé

O visual desportivo do interior evidencia-se ainda através dos frisos em alumínio Hexagon com friso de destaque azul Estoril, bem como do teto forrado em tecido cor antracite BMW Individual. Além disso, a iluminação interior é variável, indo do laranja-vermelho ao branco. Ah! Para que fique tudo em bem, até o comando remoto é “M”, com o aro em azul Estoril! Nada melhor que os pormenores, para completar um ramalhete a preceito!

As jantes desta unidade eram de 18" quando o "normal" é de 17"

As jantes desta unidade eram de 18″ quando o “normal” é de 17″

O “ramalhete” (perdão, equipamento) desta unidade ficou completo com o ar condicionado automático (471,54 euros); sistema de navegação Profissional (1.843 euros); vidros com proteção solar 8300 euros); sensores de estacionamento dianteiros e traseiros (557 euros) e de luz e chuva (111,38 euros); faróis de xénon (557 euros) com sistema de lavagem (232 euros); conetividade para aparelhos móveis, Bluetooth e USB (342 euros); espelhos retrovisores exteriores e interiores anti-encandeamento (471,54 euros); ou os bancos rebatíveis assimetricamente (223,58 euros), entre outros “mimos”. No final, sempre são mais 13.581,13 euros de equipamento, que eleva a fatura para mais de 56.600 euros.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

O preço base do BMW 220d Coupé fica abaixo dos 40 mil euros

O preço base do BMW 220d Coupé fica abaixo dos 40 mil euros

Motor: Diant., 4 cil. em linha, duas árvores de cames, 16 v, 1995 cc, turbo-Diesel, turbo-compressor de geometria variável c./”intercooler”, inj.directa múltipla “common rail”; Potência (cv/rpm): 184/4.000; Binário Máx. (Nm/rpm): 380/1.750 – 2.750; Vel. Máx. (km/h): 230; Acel. 0-100 km/h (s): 7,1; Consumos (l/100 km): 4,2; Emissões CO2 (g/km): 111; Preço (euros): 39.978,43 (unidade ensaiada, 56.683,44)

A unidade ensaiada custava mais de 56 mil euros mas tinha muitos opcionais

A unidade ensaiada custava mais de 56 mil euros mas tinha muitos opcionais

Texto: Hélio Rodrigues; Fotos: C.Santos e Divulgação (Interiores)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s