Ma Qing Hua fez História no WTCC

Citroën vence seja com quem for!

López e Ma Qing Hua venceram em Moscovo e o chinês fez história

López e Ma Qing Hua venceram em Moscovo e o chinês fez história

O WTCC deste ano tem uma particularidade: a Citroën é dominadora comum, com o C-Elysée. A única vez em que isso não sucedeu foi quando Gianni Morbidelli ousou intrometer o Chevrolet Cruze da Münnich Motorsport no caminho do neófito carro francês, em Hungaroring. No resto, só “deu” Citroën – e sempre com todos os seus três pilotos, Yvan Müller, José Maria López e Sébastien Loeb (outro estreante). Agora em Moscow Raceway, virou o disco e tocou o mesmo: López venceu a primeira das duas provas e Ma Qing Hua, o chinês que a Citroën escolheu para seu ocasional quarto piloto e fez estrear aqui, como início da sua preparação para as jornadas asiáticas de fim de campeonato, não se fez rogado… a fazer História, ganhando a segunda corrida, depois de ter sido sexto na primeira e de agora ter conseguido resistir aos furiosos ataques de Müller. E tornando-se o primeiro piloto chinês a ganhar numa competição da “primeira linha” do desporto automóvel. Em Moscovo, para que conste, Tiago Monteiro foi 7º na primeira corrida, depois de largar de 3º e de alguns “desencontros” durante a prova (com Gabriele Tarquini e depois com Müller) e na segunda, teve que abandonar quando lutava pelo pódio, com o seu Honda Civic WTCC subitamente desligado. E por falar em pódios, ficaram assim: López/Tarquini/Loeb e Ma/Müller/Mehdi Bennani.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s