Marc Márquez imbatível em 2014

Miguel Oliveira a um passo do pódio

Marc Márquez continua imbatível no MotoGP

Marc Márquez continua imbatível no MotoGP

Realizou-se em Itália, no circuito de Mugello o sexto Grande Prémio da época de MotoGP e, uma vez mais, a corrida da categoria principal (o MotoGP) foi ganha pelo único piloto que venceu em 2014, Marc Marquez! Desta vez, porém, a vitória não foi tão fácil como as anteriores, tendo como opositor principal Jorge Lorenzo, que travou durante vrias voltas uma batalha cerrada, que durou até ao final, quando Márquez recebeu a bandeira de xadrez em primeiro lugar, com apenas com 0.121s de vantagem. Nas Moto2, Tito Rabat ganhou a reforçou o comando no campeonato e, nas Moto3, Romano Fenati foi o herói do dia, numa prova em que Miguel Oliveira conseguiu recuperar de 19º ara 4º, chegando mesmo a estar envolvido na luta pelo pódio.

Nas MotoGP, Valentino Rossi, o herói local e que tinha como ambição regressar aos triunfos n “sua” prova, terminou em 3º, subindo assim, pela primeira vez desde 2009 ao pódio no seu Grande Prémio caseiro. Rossi comemorou desta forma aquele que foi 300º GP e, apesar de não ter sido no lugar mais alto do pódio, pelo menos foi-o num sítio tão especial pra si como é o circuito de Mugello, ao pé de sua casa.
A mais de 10s de Márquez ficou Dani Pedrosa, em quarto e o estreante Pol Espargaró foi quinto, seguidos pela primeira Ducati, a de Andrea Dovizioso que, depois do teste realizado há algumas umas semanas neste circuito, não saíram nada satisfeitos com o resultado. Andrea Iannone ficou em sétimo, na frente de Alvaro Bautista, que foi assim a melhor Honda de um equipa satélite.
Aleix Espargaró terminou em nono, sendo também e uma vez mais a melhor Open e, a terminar o “top tem” ficou Yonni Hernández, com a Ducati Pramac.
Hector Barbera desistiu com problemas mecânicos na sua Avintia e Michel Fabrizio, que esteve em casa a substituir o lesionado Danilo Petrucci, desistiu também com problemas na sua ART.
Ao longo da corrida registaram-se apenas três quedas, as de Cal Crutchlow, Stefan Bradl e Bradley Smith das quais os pilotos saíram felizmente todos ilesos.

Rabat reforçou liderança nas Moto2
Depois de Mikka Kallio ter vencido duas corridas consecutivas, Esteve “Tito” Rabat cerrou os dentes e conseguiu regressar aos triunfos, fato tanto mais importante quanto com isso reforçou a liderança no campeonato, onde tem agora uma margem de 22 pontos. O pódio ficou completo pelos estreantes Luis Salom e Jonas Folger.

Romano Fenati venceu em casa
Depois de uma intensa luta pela vitória, onde estiveram envolvidos dez pilotos, Romano Fenati venceu, reduzindo assim para cinco pontos a diferença para Jack Miller, que caiu na última volta, quando lutva pelo comando e levando consigo Enea Bastianini e Alex Márquez. Isaac Viñales terminou em segundo, fazendo assim o seu segundo pódio consecutivo e Alex Rins terminou em terceiro.
Miguel Oliveira, que se tinha qualificado em 19º, conseguiu recuperar logo nas voltas iniciais até 10º, mantendo-se aí durante algumas voltas para, na última volta, atacar e logo na primeira curva chegar a quarto! Durante o resto da volta Oliveira ainda tentou atacar um lugar no pódio, mas um toque de Miller atrasou-o um pouco, não deixando contudo de ser um grande resultado por parte do piloto português e também da Mahindra.
A próxima prova é o GP da Catalunya, a 15 de Junho.

Fábio Santos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s