Tiago Monteiro com dois pódios no Hungaroring

Gianni Morbidelli foi primeiro vencedor não-Citroën no WTCC

Tiago Monteiro quase ganhou a segunda corrida

Tiago Monteiro quase ganhou a segunda corrida

A jornada do Hungaroring do WTCC viu, pela primeira vez este ano, um vencedor não-Citroën. Sucedeu na segunda corrida, que foi ganha por Gianni Morbidelli (Münnich/Chevrolet Cruze), depois de uma feroz batalha ao milímetro com o Honda Civic de Tiago Monteiro. Os dois carros chegaram mesmo a tocar-se, numa das chicanes da derradeira volta, mas o português conseguiu evitar males maiores, carimbando dessa forma o seu segundo pódio do fim-de-semana. O primeiro tinha sido o relativo ao terceiro lugar, em que terminou a corrida inaugural da jornada, atrás dos Citroën C-Elysée de José Maria López e de Yvan Müller, que dominou com facilidade os acontecimentos, depois de ter feito um bom arranque. Na segunda corrida, o melhor dos C-Elysée foi o de Müller, em quinto lugar, refletindo bem o “peso” dos 60 quilos de lastro que tiveram que receber e utilizar. Depois desta jornada, o WTCC é liderado por López, com dez pontos de vantagem sobre Müller. Sébastien Loeb foi a desilusão de Hungaroring, com um sétimo e um nono lugares.

CLASSIFICAÇÕES

O líder do campeonato é José Maria López

O líder do campeonato é José Maria López

Corrida 1 – 1º Yvan Müller (Citroën C-Elysée WTCC), 14 voltas em 25m57,292s (média de 141,69 km/h); 2º José Maria López (Citroën C-Elysée WTCC), a 1,282s; 3º Tiago Monteiro (Honda Civic WTCC), a 8,961s; 4º Gabriele Tarquini (Honda Civic WTCC), a 13,980s; 5º Mehdi Bennani (Honda Civic WTCC), a 14,747s; 6º Norbert Michelisz (Honda Civic WTCC), a 16672s; 7º Sébastien Loeb (Citroën C-Elysée WTCC), a 17,475s; 8º Tom Coronel (Chevrolet RML Cruze TC1), a 22,863s; 9º Gianni Morbidelli (Chevrolet RML Cruze TC1), a 27,891s; 10º Hugo Valente (Chevrolet RML Cruze TC1), a 36,287s; (…) 15º Pasquale de Sabatino (BMW E90 320 TC), a 1m23,040s (1º TC2). Classificados 19 pilotos.
Corrida 2 – 1º Morbidelli, 14 voltas em 26m15,851s (média de 140,02 km/h); 2º Monteiro, a 0,350s; 3º Valente, a 1,206s; 4º Coronel, a 5,104s; 5º Müller, a 5,435s; 6º López, a 5,605s; 7º Tom Chilton (Chevrolet RML Cruze TC1), a 6,305s; 8º Tarquini, a 7,828s; 9º Loeb, a 8,308s; 10º Michelisz, a 8,842s (…) 15º Franz Engstler (BMW E90 320 TC), a 55,38as (1º TC1). Classificados 18 pilotos.
Campeonato – 1º López, 115 pontos; 2º Müller, 110; 3º Loeb, 84; 4º Monteiro, 65; 5º Tarquini, 48; 6º Valente, 47; 7º Morbidelli, 37; 8º Chilton, 36; 9º Bennani, 26; 10º Michelisz, 23. Classificados 18 pilotos.
Próxima prova: Slovakia Ring, 10/11 de Maio

Gianni Morbidelli foi o primeiro vencedor não-Citroën do ano

Gianni Morbidelli foi o primeiro vencedor não-Citroën do ano

HR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s