Peugeot RCZ R

R… de rapidíssimo

Peugeot RCZ R (Fotos: Peniche)

Peugeot RCZ R (Fotos: Peniche)

Este é o Peugeot que faltava… à Peugeot. Na verdade o RCZ R é mais que um simples RCZ com vitaminas. É, também, mais que o Peugeot de série mais potente de sempre. O RCZ R continua a ser um sedutor, a dar nas vistas como um ator de cinema, a ser diferente e a nunca cansar os olhos. Com o R, ganhou em irreverência, em entusiasmo, em vigor e oferece diversão acrescida. O RCZ R está agora um desportivo a sério. Até apetece dizer: RCZ R… de rapidíssimo!

O Peugeot RCZ R é igual ao mais recente RCZ (https://autoandrive.com/2013/11/12/peugeot-rcz-1-6-thp-200/), mas também diferente. Muito diferente: é certo que mantém o mesmo ar irresistível, de quebra-corações irreverente, a quem ninguém consegue ficar indiferente. E até a nova linguagem de “design” praticada pela Peugeot veio acelerar as batidas desses mesmos corações. É certo também que o coração que nele bate dentro é o mesmo; na verdade, é o mesmo e o original – o bloco 1.6 THP de 4 cilindros, cuja força se inicia nos 156 cv e foi estendida agora até aos 271. Também por isto, é ainda mais certo que o RCZ R é diferente.

Sinta a diferença

A suspensão mais baixa e as jantes de 19" mais largas promovem uma postura mais agressiva

A suspensão mais baixa e as jantes de 19″ mais largas promovem uma postura mais agressiva

Começando, é claro, pelo exterior. A Peugeot baixou em 10 mm a suspensão o que, aliado às jantes de 19” mais largas com dois tons adiamantado/preto mate, contribui para uma postura mais agressiva, mais “colada” ao asfalto. Depois, os arcos em preto mate, o “aileron” traseiro fixo perfeitamente integrado (que “alonga” a silhueta), o difusor traseiro específico negro com terceira luz de “stop”, a dupla saída de escape simétrica (uma de cada lado, em vez de em conjunto, à esquerda e com ponteiras cromadas) e as luzes dianteiras e traseiras (todas com LED diurnos) com máscara escurecida “Titane”, acabam por enaltecer esse mesmo perfil.

Na frente destacam-se os faróis com máscara negra e o "R" vermelho

Na frente destacam-se os faróis com máscara negra e o “R” vermelho

A assinatura “R” (em vermelho) está em discreta evidência um pouco por toda a parte: nas soleiras em alumínio e cromadas das portas; nas jantes de 19”, gravada diretamente na liga; na grelha dianteira e na parte traseira. No interior, este “R” mágico está também gravado em plena consola central. Além disso, as pinças dos travões (de disco com 380 mm, montados em cubo de alumínio) dianteiros são vermelhas e têm escrito “Peugeot Sport”.

O aileron fixo, a dupla ponteira de escape simétrica, o difusor inferior e o "R" marcam a traseira do RCZ R

O aileron fixo, a dupla ponteira de escape simétrica, o difusor inferior e o “R” marcam a traseira do RCZ R

Mas, para lá destes elementos, a Peugeot propõe alguns opcionais de personalização – como as capas dos espelhos retrovisores em negro e o tejadilho em carbono brilhante ou acetinado, que o “nosso” RCZ R ostentava.

O interior do RCZ R é ainda mais exclusivamente desportivo

O interior do RCZ R é ainda mais exclusivamente desportivo

No interior, que é semelhante ao RCZ “de Lineu” em toda a sua envolvência, ergonomia e qualidade percetível, bem como no critério de escolha e na montagem correta e justíssima dos materiais, destacam-se os bancos desportivos em couro Nappa/Alcantara, o volante também desportivo, o punho da caixa de velocidades em alumínio e os forros interiores em couro com pespontos em vermelho, desde o painel ao volante e à alavanca da caixa, bem como na consola central e nos forros das portas. Os pedais, claro, são em alumínio perfurado.

Coração que… sente e bem!

Em termos dinâmicos o RCZ R é um gozo supremo

Em termos dinâmicos o RCZ R é um gozo supremo

Pronto: de estética estamos conversados Vamos agora ao coração que bate lá dentro. Conforme já dissemos, trata-se do mesmo bloco original 1.6 THP turbo, cuja potência foi elevada dos 200 para os 271 cv, graças a ajustes na eletrónica, a novas condutas de admissão e de escape e a um novo turbo twin scroll, cuja pressão passou de 1,2 para 1,5 bar.

As maxilas dos travões são vermelhas e "dizem" Peugeot Sport

As maxilas dos travões são vermelhas e “dizem” Peugeot Sport

Depois, com toda a sua experiência “made in Peugeot Sport” a marca do leão rebaixou as suspensões em 10 mm, associou ao motor uma caixa manual de seis velocidades com relações desportivas e muito exata e muito rápida (é um prazer ouvir o ruído metálico quando se passa de caixa, com um golpe seco e preciso!) e montou um diferencial autoblocante Torsen – et voilá! Está montada a máquina infernal que se escode por trás da simples letrinha “R”.

Os números não enganam: o Rcz R é... rapidíssimo

Os números não enganam: o RCZ R é… rapidíssimo

R… de rapidíssimo. Os números são como o algodão – não enganam. E, no RCZ R são os seguintes, comparando-os com o RCZ “de Lineu”: mais rápido em aceleração dos 0 aos 100 km/h (5,9s contra 7,5s); 400 m em 14,2s; 1.000 metros em 25,4s (contra 27,5s); velocidade máxima limitada eletronicamente aos 250 km/h, mais 15 km/h que no “normal”. Curiosamente, e apesar destes “extras” todos, o RCZ R é mais leve 17 quilos que o “outro” e isso acaba por se refletir noutros números. A Peugeot anuncia que é mais económico (6,3 l/100 km, em vez de 6,7; na verdade, nunca conseguimos baixar dos 9,3 litros – mas… who cares about that? É um demónio e este tipo de demónios é para “brincar” de curva para curva!) E é mais ecológico – 145 g/km, em lugar das 155.

O RCZ R é finalmente aquilo que a imagem dizia que era: um verdadreiro desportivo

O RCZ R é finalmente aquilo que a imagem dizia que era: um verdadreiro desportivo

Bom, mas chega de teorias e conclusões afiliadas – vamos para a estrada! Ao contrário dos outros RCZ, em que faltava “qualquer cisa” para ser perfeito (motor… em especial no de 156 cv), o “R” tem lá tudo. O chassis, que sempre foi correto e bem afinado, em agro aso 271 cv do motor o mais esperado dos aliados. Um porém, contudo: é preciso “pilotá-lo”, conduzi-lo, com vigor, com músculo, para que se sinta bem no seu elemento. E esse elemento é as curvas e contra-curvas de uma qualquer estrada de montanha, para onde a frente muito precisa “puxa” o resto do carro, com a traseira a colar-se que nem uma lapa ao asfalto.

A tração é constante e as trajetórias muito precisas

A tração é constante e as trajetórias muito precisas

A tração é constante, bem limada pela atuação vigilante do diferencial Torsen – com uma única exceção: nas longas curvas em autoestrada, em especial com mau piso, a frente “perde-se” um pouco, fica demasiado saltitante e desafiadora dos limites da aderência. Mas, com pequenos golpes de acelerador e de volante, isso corrige-se com naturalidade… Ao cabo e ao resto, nunca há Bela sem senão.

O único senão é que o RCZ R é 10 mil euros mais caro que o "normal"

O único senão é que o RCZ R é 10 mil euros mais caro que o “normal”

E por falar em senão, o RCZ R enferma de um, que pode fazer toda a diferença. Ou melhor, uma diferença capital, no ato de escolha: é mais caro cerca de 10 mil euros que o RCZ de 200 cv. Justifica-se? Você é que sabe… Mas, se não lhe fazem falta e o coração lhe diz que sim, então não hesite. E, vá lá, divirta-se!

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

O motor do RCZ R é o mesmo 1.6 THP turbo mas agora com 271 cv

O motor do RCZ R é o mesmo 1.6 THP turbo mas agora com 271 cv

Motor: Diant. transv., 4 cil., 16 v, duas árvores de cames à cabeça, distribuição variável, 1.598 cc, inj.directa, turbo-compressor c/”intercooler”; Potência (cv/rpm): 271/6.000; Bin.Máx. (Nm/rpm): 330/1.900; Vel. Máx. (km/h): 235; Acel. 0-100 km/h (s): 5,9; Consumos (l/100 km): 6,3; Emissões CO2 (g/km): 145; Preço (euros): 44.580 (versão ensaiada: 46.285)

O preço do Peugeot RCZ R é de 44.580 euros

O preço do Peugeot RCZ R é de 44.580 euros

Texto: Hélio Rodrigues; Fotos: C.Santos e Divulgação (Interiores)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s