BMW M6 Gran Coupé

Vulcânico!

BMW M6 Gran Coupé (Fotos: Central Termoelétrica do Carregado)

BMW M6 Gran Coupé (Fotos: Central Termoelétrica do Carregado)

Mais de cinco metros. Quatro portas, quarto lugares de poltrona. Um motor V8 com 4,4 litros de cilindrada, dois turbos de dupla admissão e tecnologia “twin scroll”. 560 cavalos de potência. 680 Nm de binário máximo, disponível a partir das 1.500 rpm. Caixa automática Drivelogic de sete velocidades e dupla embraiagem M Duble Clutch Transmission com patilhas no volante. Tração traseira. Jantes de 20” com pneus mistos: 265/35 ZR20 na frente, 295/50 ZR 20, atrás. Peso de 1.950 quilos Largura de 1,9 metros. Consumos dificilmente inferiores aos 15 litros. 306 km/h de velocidade máxima, sem limites. Arranque em “launch control” dos 0 aos 100 km/h em 4,2 segundos. Autêntica lapa agarrada à estrada, este é o breve retrato alfanumérico do BMW M6 Gran Coupé. Uma solução quase improvável assinada pela BMW M para verdadeiros prazeres imorais. Talvez até mais que com o M6 Cabriolet, onde o prazer é menos carnal e mais sensual. Aqui, ele é isso tudo: carnal, sensual. E também venial, venenoso, vulcânico…

É impressionante a dinâmica desta berlina com mais de 5 metros

É impressionante a dinâmica desta berlina com mais de 5 metros

O que raio leva uma marca como a BMW a pensar e realizar um exercício, estético, dinâmico e tecnológico tão poderoso, tão intenso e tão imortal, como um M6 Gran Coupé? Que tipo de filosofia é esta, que entrega uma alma diabólica a um automóvel que, cm os seus 5,011 metros de comprimento, o seu estatuto de elevado topo de gama, a sua quase exclusividade impressionante, parece ter nascido mais para calmos e diletantes prazeres da meia-idade, do que para arroubos de juventude? Uma moda? Uma tendência estranha e esquizofrénica? Não sabemos, mas que resultou bem, lá isso resultou. E o resultado foi este mesmo: o BMW M6 Gran Coupé não é para velhos!

O prazer e a qualidade

O BMW M6 Gran Coupé impressiona por vários motivos

O BMW M6 Gran Coupé impressiona por vários motivos

Pasmem os mais céticos: o BMW M6 Gran Coupé mpressiona. Largo e baixo, parece nascido do chão O tejadilho em plástico reforçado com fibra de carbono (solução que, em conjunto com o difusor traseiro, contribuem para incrementar a aerodinâmica), as enormes “sapatas”, as guelras laterais, as profundas e insondáveis entradas de ar dianteiras, as abas mais largas, tudo isso contribui para essa imagem. Que arrebata – o olhar, desvanecido, e o coração, alvoroçado.

Não é fácil falar do M6 Gran Coupé sem utilizar muios adjetivos

Não é fácil falar do M6 Gran Coupé sem utilizar muios adjetivos

Depois, dias depois e centenas de quilómetros mais tarde, tudo aquilo que tínhamos já dito aquando do ensaio ao BMW M6 Cabriolet (https://autoandrive.com/2012/12/22/bmw-m6-cabrio/ ), é agora redito nas palavras que se seguem. Redito? Não: aumentado, em volume, em adjetivos – tudo aquilo que, em jornalismo, não se deve fazer. Mas, nestes casos, perdoam-se erros assim. Afinal, não somos máquinas de informar, puras e duras. Temos sentimentos, as quais o BMW M6 Gran Coupé nunca se cansa de falar. Bem.

Apesar de ter mais de cinco metros o M6 Gran Coupé é um portento em equilíbrio

Apesar de ter mais de cinco metros o M6 Gran Coupé é um portento em equilíbrio

Uma curiosidade. O M6 Gran Coupé é 13 mm mais comprido que o M6 de duas portas. Que, por sua vez, deu origem ao M6 Cabriolet. Talvez este seja o segredo absoluto e único da sua maior irreverência – já para não falar da sua beleza intrínseca e esculpida pelo vento. Mais comprido, mas largo por igual e mais alto 25 mm, promove uma distância entre eixos superior. É certo que são somente 113 mm, mas este valor poderá ser capaz de motivar uma dinâmica mais envolvente.

A volumetria da carroçaria não se nota em nenhuma situação

A volumetria da carroçaria não se nota em nenhuma situação

Dito de outra forma, a volumetria da carroçaria não se nota em nenhuma curva, em nenhum setor da estrada, por muito sinuoso e exigente que este seja. Mesmo com as ajudas enfraquecidas, ou até anuladas (aqui, fala alto o coração… e a consciência de que é de péssimo tom entregar o M6 Gran Coupé com uma estética diferente, mesmo se única e personalizada, ao dono…), o peso do acelerador é suficiente para, quando bem doseado, fazer não apenas a frente voltar aos eixos, como controlar a deriva da traseira a nosso bel-prazer. E que prazer!

Os consumos normais rondam os 20 l/100 kms mas em toadas calmas baixam cinco litros

Os consumos normais rondam os 20 l/100 kms mas em toadas calmas baixam cinco litros

Mas pronto! Deixemo-nos de devaneios, que o depósito já passou de meio e ainda falta muita estrada para correr. É que, a este ritmo, os consumos não baixam dos 20 litros e depressa se esgotam os 80 disponíveis à partida… Há quem diga que, numa vertente de puro divertimento, com espaço para amaciar os abusos (leia-se, escapatórias), sem limitadores de velocidade (com o opcional M Driver), basta uma meia hora para se rumar à bomba…

O M6 Gran Coupé faz nascer água na boca em qualquer pose em que se encontre

O M6 Gran Coupé faz nascer água na boca em qualquer pose em que se encontre

Ficámos a desconhecer esta sua faceta anti-anti-crise (dois “anti”, notem bem). Não entrámos em nenhum autódromo. Nem kartódromo. Nem subimos a “rampa de Alenquer”, ou fizemos as curvinhas da velha classificativa do Montejunto. Não, nada disso; limitámo-nos a gozar, pelo prazer de retirar gozo – o tal que dissemos atrás, sensual e venial. Aquele que fizemos transbordar a jorros, estada fora, fazendo crescer água nas boas e inveja nos olhares.

o BMW M6 Gran Coupé enfrenta qualquer estrada sem medos ou hesitações

o BMW M6 Gran Coupé enfrenta qualquer estrada sem medos ou hesitações

Prazer com qualidade – ou prazer e qualidade, ou a qualidade do prazer. Tudo isso, no M6 Gran Coupé, anda bem juntinho. De mãos dadas, entrelaçadas, até. Porque sabemos do poder do M6 Gran Coupé, aquele tal poder venenoso, vulcânico, que falámos também lá atrás. Desse, também prazer, o outro prazer, apenas tomámos uma ínfima parte, mas que deu para ficar arreigada cá bem dentro. Tão arreigada que ficámos com outra certeza: a de que esta seria uma das nossas extravagâncias, o (improvável?) caso de os tornarmos euromilionariamente excêntricos.

Montra de caprichos e desejos

Além de um colosso o M6 Gran Coupé pode ser uma montra de caprichos

Além de um colosso o M6 Gran Coupé pode ser uma montra de caprichos

É que, se a BMW disponibiliza o M6 Gran Coupé por 162.400 euros, este que aqui veem fotografado tinha mais de 33.600 de opcionais. Que elevavam a fatura final para lá dos 200 mil euros. Isto, para já não falar na imagem, na qualidade, na robustez, sinónimos do símbolo em duplo rim que se destacava na frente.

O interior do M6 Gran Coupé é envolvente e respira elevada qualidade

O interior do M6 Gran Coupé é envolvente e respira elevada qualidade

Por exemplo: o sistema de som “surround” Bang & Olufsen custava 4.328 euros, mas transformava o interior com facilidade numa réplica da “Lux”. Único senão: enfraquece o uivar rouco do V8 e o toque seco da passagem em “coice” das mudanças, quando as patilhas as provocam.

O espaço para o condutor é um autêntico "cockpit"

O espaço para o condutor é um autêntico “cockpit”

Para lá do vidro do pára-brisas – escurecido, claro – a cores e ao vivo, podem ler-se várias informações de viagem, desde velocidade instantânea a rotações e forças de aceleração e afins, desde que no modo Sport +. Isso chama-se Head Up Display e custa 1.215 euros. Único senão: distraem e desconcentram, pois no M6 Gran Coupé tudo se passa muito depressa e qualquer desvio de atenção pode ser  a “morte do artista”.

Os enormes discos dos travões são em carbono e cerâmica

Os enormes discos dos travões são em carbono e cerâmica

O sistema de travagem M é em cerâmica e carbono e custa 7.613 euros. Os travões nunca se cansam, mas há um senão… para as oficinas: os técnicos da BMW garantem que duram toda a vida do M6 Gran Coupé, desde que não se façam corridas com ele.

Atrás existem dois lugares acolhedores e espaçosos

Atrás existem dois lugares acolhedores e espaçosos

Os bancos dianteiros M são multifunções, aquecidos e têm massagem e memória (1.923 euros), são ativos (673 euros) e têm ventilação ativa (1.041 euros). O ar condicionado é automático e tem quatro zonas de controlo (721 euros). Existem câmaras a toda a volta do carro; o conjunto chama-se Surround View” e permite que não apareçam riscos indesejados na carroçaria cinzenta, obviamente pintada em tom mate (612 euros).

Os bancos em pele têm pespontos em relevo e a letra "M" nas costas

Os bancos em pele têm pespontos em relevo e a letra “M” nas costas

Enfim, para não sermos 33 mil euros mais chatos, o aviso de alteração de trajetória está lá mas custa 455 euros e o de mudança de faixa de rodagem também, por 543 euros. Ah! E pode fechar em silêncio aveludado as portas, com a maior suavidade: parece que não vão fechar, mas lá está o sistema Soft Close – e elas ficam bem cerradinhas; só tem que acrescentar mais 580 euros na fatura. Nesta altura, já estará você a conversar com os seus fechos “éclaires”: “Mas porque raio não me sai o Euromilhões”? Nós também, garanto!

CARATERÍSTICAS TÉCNICAS

Debaixo do "capot" está um motor V8 4.4 com 560 cv

Debaixo do “capot” está um motor V8 4.4 com 560 cv

Motor: Diant., 8 cil. em V (V8), 32 v (4 válvulas por cilindro), 4.395 cc, duas árvores de cames à cabeça, comando variável das válvulas Valvetronic, inj.directa a gasolina, dois turbos “twin scroll” (M Twin Power Turbo), “intercooler”; Potência (cv/rpm): 560/6.000 – 7.000; Binário Máx. (Nm/rpm): 680/1.500 – 5.750; Vel. Máx. (km/h): 250 (controlada eletronicamente); 306 (Pack M-Driver’s); Acel. 0-100 km/h (s): 4,2; Consumos (l/100 km): 9,9; Emissões CO2 (g/km): 232; Preço (euros): 162.400 (unidade ensaiada: 203.739)

A imponência e a qualidade têm um preço: neste caso, mais de 203 mil euros

A imponência e a qualidade têm um preço: neste caso, mais de 203 mil euros

Texto: Hélio Rodrigues; Fotos: C.Santos e Divulgação (Interiores)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s